segunda-feira, 5 de março de 2007

DE NOVO OS BONS CHEFES DE FAMÍLIA

Não há dúvidas que a agremiação onde pululam os bons chefes de família este ano anda a esmerar-se para o demonstrar. Depois do jogador de metro e meio segregar espontânea e descontroladamente nandrolona, depois dos problemas capilares que afectam as modalidades ditas amadoras da agremiação, eis que no futebol continuam os bons exemplos. Primeiro, o desengonçado central é apanhado a conduzir, depois de comer dois "mon chéri". Agora, o Sr. "não sai nem por 15 milhões de contos" foi também apanhado a conduzir, apresentando apenas como título uma carta angolana, ainda por cima caducada. Se o primeiro, gozando dos direitos que apenas cabem aos "bonus paterfamiliae" saíu do Tribunal apenas com uma palmadinha no tutu, este certamente sairá com um beijinho na cara. Afinal, é um princípio basilar do direito tratar por igual o que é igual e, de forma diferente, aquilo que é diferente. Como diria o Zé Povinho, uns são mais iguais que outros...
Certamente os Srs. Agentes da BT que se atreveram a cometer semelhante desfaçatez ainda hoje serão constituídos arguidos no Apito Dourado. Afinal, é caso para dizer, "Deixem guiar o Mantorras"!


PS - não queria concluir sem vos deixar com este belo pedaço de vómito.

3 comentários:

Anónimo disse...

Correcção: o Sr. "não sai nem por 18(!) milhões de contos".

Não foi esse mesmo que chegou a ser detido no aeroporto por tentar viajar com um Passaporte caducado, voluntariamente rasurado no local da data de validade?!

E já agora, quantos anos é que ele "oficialmente" tem? 23?

Pentadragão disse...

Não são 15 milhões de contos, são 18 milhões!! É muito milhão!

http://rascordonline.planetaclix.pt

josé disse...

Exacto! 18 milhões de contos ou 90 milhões de euros!
Cristiano Ronaldo, Shevchenko, Drogba, roam-se inveja!...