segunda-feira, 5 de fevereiro de 2007

O Polvo

Uma das tácticas preferidas dos beligerantes é desviar a atenção do adversário com manobras de diversão de molde a entretê-lo em permanentes guerrilhas acessórias e, simultaneamente, procurar cercá-lo para o derrubar em definitivo com o golpe decisivo e letal.
Temos que convir que a escumalha benfiquista, beneficiando do apoio declarado ou encoberto de quase toda uma comunicação social miserável, facciosa e desonesta tem aproveitado bem o tempo e, à boa maneira do Polvo mafioso, vai estendendo os seus tentáculos para poder dominar a seu bel-prazer o panorama desportivo português.
O seu "angelical" presidente que, apesar de burgesso, não dá ponto sem nó (ainda estou para saber se não é um pau-mandado de outros interesses ou de outros interessados estrategicamente na sombra!), lá vai urdindo a sua trama para atingir os objectivos, contando sempre com a presença de sequazes para quem maquiavelicamente todos os meios servem para atingir os fins. Reporto-me evidentemente a toda aquela horda que gravita em torno do chefe e aparece nas revistas, nos eventos sociais, nas fofocas e nos meandros da pelintrice, do basbaque e do piroso.Que até escreve livros, vejam lá. E não estou a referir-me só à pindérica que está quase a tornar best-seller o pasquim que uma douta(?) magistrada, prenhe de isenção(!!!) e de coragem(!!!), decidiu, sob os estrondosos aplausos da pandilha costumeira, considerar como elemento fundamental para apreciação do processo em que ela se assume como a "justiceira"-mor.
Pois, como ia dizendo, o Polvo tem vindo a estender os seus tentáculos. Já não lhe bastava a forma vergonhosa como nas épocas anteriores manipulava a Liga e a Federação! Todas as pessoas isentas e de boa-fé se recordam e sabem bem da forma persecutória como os órgãos ligueiros e federativos actuaram ao longo dos últimos anos, mas, por incrível que pareça, o corruptor é para os "fazedores de opinião" quem nem sequer tinha assento em qualquer deles. O que afirmo não é invenção minha pois, para lá de serem sobejamente conhecidas as intervenções do sr Cunha Leal, isso foi confirmado pelo senhor presidente lampião, quando em conversa telefónica com o Major, lhe disse que, para determinado desafio, ele trataria do árbitro por outro lado. Se tivesse sido PdC a proclamar isto, caía o Carmo e a Trindade, mas assim, a srª magistrada, aliás, a exemplo da celebrada comunicação social, não consideram tal facto relevante. É muito mais notícia se se tratar de outra pessoa. Com detalhes fornecidos por uma prostituta ressabiada.
Há dias afirmava António Tavares-Teles e passo a transcrever «para além de eu estar convicto de que há gente no futebol que tem fora do futebol negócios bem mais escuros e lucrativos do que dentro dele. Mas desses não se fala, ou fala-se pouco,é claro...». Também eu entendo que se se quisesse investigar a sério, o "arauto cruzado" da transparência no futebol e os seus acólitos há muito que tinham sido "engavetados". Digo eu. A não ser que a fortuna lhes tenha caído do céu.
Este meu post, porém, prende-se com os tentáculos do Sr Polvo que, no caso vertente, pede meças à Mafia siciliana: Li há dias numa breve de um jornal desportivo que o Sr Paulo Gonçalves, ex-director geral da SAD boavisteira, já faz parte dos quadros benfiquistas. Há tempos foi o Sr Eládio Paramés a instalar-se no Sporting de Braga, agora é o Sr Gonçalves quem vai para a Luz. E se calhar este estranho fenómeno está a passar-se noutros clubes, só que ainda não sabemos.
Ai que tão axadrezado me saiu o Sr Paulinho Gonçalves ( este Boavista, este Boavista, como é que saiu tão gato escondido com rabo de fora!). E não é espantoso que de um momento para o outro o Sr Eladiozinho tenha virado arsenalista?! «(Ai Braga, Braga, é assim que queres ser grande?Valha-te Deus!).
Estou como diria o saudoso Fernando Pessa: "E esta,hem?".
Mas o que é verdadeiramente importante e patriótico é que, para deitar poeira nos olhos dos incautos, se faça o périplo dos partidos (os líderes dos mesmos são todos da mesma corja lampiónica) , acenando com o caso do Nuno Assis e se procure fazer crer que se não tem sido o intrépido "orelhas" a denunciar o "apito doirado"...!
O Polvo estende os tentáculos.
Quando abrirmos os olhos, estamos no antigamente.
Mas não há problema: o nosso presidente vai-se entretendo com prostitutas de alterne! Também está bem.

3 comentários:

Bruno Ribeiro disse...

O sr. Hermínio Loureiro, que até ao momento tem apenas falado para "inglês ver", fazia bem em finalmente vir contar toda a verdade como prometeu que faria se mais alguma vez o nome do sr. Paulo Gonçalves surgisse associado ao Benfica. Pelos vistos olvidou-se! E é curioso como não há um único jornalista que lho recorde!!!

dragaovenenoso disse...

Há dúvidas?!

Anónimo disse...

PUTA QUE VOS PARIU A TODOS, CAMBADA DE AZEITEIRO!!!!!!!!!