terça-feira, 18 de abril de 2006

"Teoria da conspiração"

JORGE MAIA

"Se uma mentira repetida muitas vezes acaba por se tornar verdade, uma estupidez repetida constantemente é apenas sintoma de demência. Pelos vistos, há quem, entre dois anti-ácidos, encontre uma ligação directa entre o título do FC Porto e as boas relações entre Pinto da Costa e Soares Franco.
Há quem, entre duas tremuras que a idade não perdoa, considere o ex-futuro-presente-candidato à presidência do Sporting ingénuo por se ter deixado seduzir pelo canto de sereia do presidente portista.
Há quem, entre duas descargas biliares, garanta que, se não fosse a maldita aliança, Jorginho nunca teria conseguido marcar aquele golo a Ricardo, Helton nunca teria defendido o remate de João Moutinho e Pepe não teria conseguido eclipsar Liedson. Se Pinto da Costa não se sentasse ao lado de Soares Franco na bancada do Estádio de Alvalade não haveria seca, nem desemprego, nem poluição, nem gripe das aves. O preço da gasolina baixaria, os salários subiriam, a cerveja estaria sempre fria, o café sempre quente e o tremoço salgado.
Tudo seria perfeito. Como na última temporada, quando a santa aliança entre Sporting e Benfica deu o corpo ao Manifesto.
Aí sim, o Sporting fez uma boa opção.
É claro que foi afastado do título à cotovelada, mas, que diabos, foi o Benfica que o ganhou. Ficou tudo lá por casa e assim é que estava bem, como nos bons velhos tempos de fado, futebol e Fátima.
Agora, dar-se bem com o FC Porto? Receber os dirigentes portistas de forma digna? Estava mesmo a ver-se que o Sporting ia perder. O que é que o Paulo Bento podia fazer? Como é que o Liedson podia passar pelo Pepe nestas condições? Que hipóteses tinha João Moutinho de bater Helton assim? Quem podia esperar que o Ricardo defendesse mais aquele remate do Jorginho depois de Soares Franco cometer semelhante traição?
Qualquer idiota podia claramente ver no que aquilo ia dar.
Aliás, muitos idiotas viram mesmo. (negrito da nossa autoria)
"

"LuchoReferendado
O site argentino terra.com.ar resolveu promover um referendo online para ajudar José Pekerman a definir a lista de 23 convocados da Argentina para o próximo Mundial. Lucho González, médio do FC Porto, foi o quinto médio mais votado pelos utilizadores do site, bem à frente de Verón e Cambiasso, jogadores do Inter de Milão. A única coisa que pode impedir Lucho de marcar presença no Mundial é esta faceta de jogador faltoso que Elmano Santos lhe descobriu depois de 297 jogos sem ser expulso."

1 comentário:

Bracarense disse...

Mortal...