segunda-feira, 7 de novembro de 2005

Do mal o menos...

Exibição paupérrima, ontem, a do Mágico Porto.
Fomos uma equipa muito fraquinha, num jogo ainda pior, mas que, verdade seja dita, merecemos ganhar.
Finalmente Jorginho ficou no banco. Finalmente Alan não jogou de início.
Dois jogadores que não acrescentam nada à equipa e que mister Co os mantinha na 1.ª linha.
Mas se há coisas que estiveram melhores em termos de constituição de equipa, outras mantiveram-se ou pioraram. Alguém sabe ou é capaz de me explicar porque raio, num jogo como o de ontem, o Mágico Porto tinha 2 (dois) defesas centrais no banco de suplentes? Alguém me sabe dizer qual a mais valia deste banco com dois centrais?
É que se fosse por não ter mais ninguém para lá meter, ainda estou como o outro. Agora pôr Diego fora dos convocados para meter dois centrais no banco, não lembra nem ao diabo...
E esta é só uma das críticas que tenho a fazer ao treinador, mas que até me vou abster de enumera-las, porque penso que todos já compreenderam e já chega de bater no ceguinho. Tem 15 dias para acordar e espero que o faça de uma vez por todas.
O certo é que ganhamos 1-0 e nos aproximamos da frente do campeonato (nada em que eu não acreditasse ou não tivesse apostado uns eurinhos na vitória do Porto na betandwin), situação crucial neste fim-de-semana em que os lampiões do Norte alombaram na Madeira e em que os lampiões empataram em casa com o Rio Ave.
Estes lampiões que se queixam de arbitragem, como se fossem expoliados todas as semanas, quando o que é certo é os árbitros arrqanjam uns livrezinhos à entrada da área para ver se conseguem não levar na bilha sucessivamente.
Quanto à Lagartagem, acho que não vou comentar, mas deixo um vídeozinho aqui para recordar um tempo antigo... É que ainda ontem me confirmaram que este também foi golo com toda a certeza...
Não sei onde, mas até quiseram comparar...

7 comentários:

JP Brito disse...

Não concordo. Acho que a táctica até foi inteligente. O Paços é uma equipa perigosa quando tem espaço (o Sporting e o Guimarães que o digam) e nisto O FCP foi intransigente, jogando com os quatro defesas a portarem-se como defesas, sem subirem demasiado nas alas e um trinco fixo. O campo era o deles, eles é que tinham de fazer alguma coisa, e, pelo que se viu noutros jogos, fazem-no. Ontem, porém, não tiveram a mínima oportunidade de incomodar Baía.
E depois o FCPorto até marcou dois golos, não foi?
Lucho muito bem e a subir...

JP Brito disse...

Mais: todo o meio-campo esteve muito bem e foi aí que se controlou o jogo desde o início até ao fim. Assunção, Ibson, Quaresma e Lucho cumpriram na perfeição e lutaram muito.
Ibson fartou-se de levar pau, mas só à terceira entrada mais rígida, é que o perpetrador viu amarelo.
Árbitro falhou, mas quem o conhece já viu muito pior.
Mota mete água por todo o lado. Supõe má-fé por parte dos outros, mas é ele que a demonstra. É um matarruano sem a mínima categoria.

Anónimo disse...

Nem as vitórias chegam para acalmar as criticas dos mais cepticos. Então não é que o Porto apresenta uma equipa equilibrada, com um meio campo preenchido procurando aniquilar os contra-ataques do Paços mantendo a posse de bola, e mesmo assim não gostam. Devem querer uma equipa goleadora com jogos brilhantes. Acordem porque os tempos de Mourinho já acabaram. Vamos apoiar a nossa equipa que merece. Ontem assim como noutros jogos viu-se garra (excelentes Assunção, Ibson, Lucho, Quaresma, H. Almeida e Lisandro). Continuamos à frente do Sporting e Benfica e aproximamo-nos do Braga. Tal como já disse, para alguns criticos se calhar já deviamos ter sido campeoes ( ainda só vão 10 jornadas já repararam!). Adrianse mais uma vez soube ler muito bem o jogo. Há que dar mérito a quem o tem, e parece que o pior cego é aquele que não quer ver.

dragaovenenoso disse...

Mais uma vez, não. Uma das poucas vezes. Porque contra o Milão meteu água até mais não. E corroboro a opinião do Dragão: dois centrais para quê ? para jogarem a pontas de lança se o Porto estivesse a perder ? Vou tentar acreditar que o que se passa com o Diego é algum problema de disciplina. O rapaz é muito novinho e pode ter sido indisciplinado. O Postiga já levou um puxão de orelhas valente do Mourinho... até o Vítor Baía... portanto vamos esperar para ver. Mas não foi um jogo de encher o olho. E os tempos do Mourinho já lá vão, mas não por falta de qualidade no plantel.

Apre disse...

Foi a eficácia renovada com a vintage do Quaresma.

Acho que o livro do Baia e a sua carreira mereciam post!

vitor baia disse...

Epa vi mais de 5o vezes este video e ate agora nao ha NENHUMA imagem que ve a bola 100% la dentro acho que vamos passar toda a vida a ver o video e NUNCA conseguir ver que é golo.
O Trapalhonni ate disse que a bola entrou...30 cms.
Ele deve ter visao de superhomem incrtivel.

hugo disse...

Tudo bem que o jogo nao teve grande brilho, mas dai a dizer-se q foi pauperrima parece-me um exagero.
Conquistamos uma vitoria muito importante, ganhando pontos aos 2 vermelhos em vesperas de eles se defrontarem.
Quanto a situacao do Diego espero bem que seja apenas passageira!