quarta-feira, 31 de março de 2010

No âmbito das entrevistas...

Porque não chamam o Presidente do CJ para uma entrevista para explicar o seu ponto de vista?

Será que não interessa? Ou será que só vale a opinião de um pavão, que destila ódio e chama senhor ao nosso Presidente e tem medo de dizer o seu clube apesar de se intitular como sério e imparcial???

8 comentários:

Anónimo disse...

Até nas entrevistas entre presidentes. Foi um goleada!!

Anónimo disse...

O ÁGUIA DO GRAVETO

O romance esquadrinha uma realidade de manipulação com a qual convivemos como azeite e vinagre, tornando possível ao diabo infiltrar-se e operar numa procissão de tementes a Deus. O ÁGUIA DO GRAVETO apresenta personagens com uma mentalidade ganhadora, sempre que se trata de dinheiro. Por entre a história perpassa o dedo manipulador do senhor F, um reputado empresário e dirigente desportivo, que nunca se dá a conhecer em discurso directo para preservar as aparências, mas que manipula todos os acontecimentos, em prol do graveto, que é o que o move.

Nogueira Baptista deve ter ficado contente com a publicidade gratuita que Pinto da Costa deu ao livro que ofereceu a Judite de Sousa na parte final da Grande Entrevista. Pela parte que me toca ainda não o li e confesso que nem sequer tinha ouvido falar dele (na Suíça estamos, infelizmente, longe da literatura portuguesa) mas já o encomendei. Por falar nisso, será que Pinto Monteiro e Maria José Morgado também o vão ler ou só lhes interessam os livros escritos por Leonor Pinhão?

Blogue Portogal

Anónimo disse...

sexta-feira, 2 de Abril de 2010
O simulador e o assessor

No último SLB x Braga, um dos aspectos que provocou alguma polémica foi a habilidade de Di Maria para a arte dramática, com diversas encenações e provocações, as quais começaram logo aos 4 minutos, quando simulou uma pretensa falta de Filipe Oliveira.

O que disseram os ex-árbitros do 'Tribunal de O Jogo'?

Jorge Coroado: "Não houve infracção de Filipe Oliveira, que jogou somente a bola e só o teatro de Di María obrigou a que o árbitro assinalasse falta inexistente"

Rosa Santos: "Não existe falta de Filipe Oliveira mas é altura de Di María deixar certos teatros de lado, porque não levam a lado nenhum"

António Rola: "Filipe Oliveira só jogou a bola, não cometendo qualquer infracção"


"O Benfica está a dar uma de inocente e vítima, mas é a equipa que mais insulta os adversários. Um amigo meu que joga noutra equipa diz que também foi assim contra eles. [Di María] Passou o jogo a fazer biquinho, mandar beijinhos, atirar-se para o chão e a virar o árbitro contra nós. Eu tenho esposa e não quero os beijos dele."
Mossoró, 27/03/2010

"[Di María] Tem um talento tremendo, mas não precisa de fazer este papel. Se houvesse rigor, ele não acabaria o jogo"
Carlos Freitas, 27/03/2010


Surpreendentemente, ou talvez não, quem veio em defesa de Di Maria foi António Rola que, como é sabido, já tinha trabalhado como assessor do Benfica para as questões de arbitragem e que esta época retomou essa colaboração, mas segundo o próprio em moldes diferentes, dado que "as reuniões com o plantel, para falar sobre as leis e situações do jogo, são pontuais e não assíduas".

E o que disse o assessor do SLB sobre Di Maria, no passado dia 28 de Março, na festa de inauguração da nova imagem da Casa do Benfica de Samora Correia?
"Di María é um jogador muito tecnicista e muito leve. Um toque suave nele pode ter tanto impacto como um toque mais forte no Cardozo. Não está em causa a intensidade. Ele não simula, nem é anti-desportista. É irreverente e essa irreverência faz falta ao futebol."

Que lindo, até fiquei comovido com a clarividência deste ex-árbitro de 53 anos...
É de homens com esta isenção que o futebol português precisa!
Aliás, é uma pena este Rola já ter 53 anos, senão o jeito que ela daria a apitar como uma águia... perdão, como um passarinho livre de influências nefastas...

P.S. A arbitragem do sueco Jonas Eriksson no SLB x Liverpool foi de mestre. Transformar o vermelho a Luisão em amarelo e, no sururu que se gerou logo a seguir, expulsar Babel, colocando os reds a jogar com menos um a cerca de uma hora do fim do jogo, é de artista. E, para que a viragem no resultado se consumasse, ainda anulou um golo ao Liverpool e assinalou dois penalties a favor dos encarnados. Foi uma arbitragem em grande, ao nível das que de melhor vimos esta época a outros "artistas" do apito, como Lucílio Baptista, Bruno Paixão, Olegário Benquerença ou João Ferreira. Com arbitragens destas, não tenho qualquer dúvida que o SLB está a caminho de vencer a Liga Europa. Só gostava de saber se ainda existem funcionárias loiras e bonitinhas no Elefante Branco...

In ReflexãoPortista

Anónimo disse...

O site oficial transmite em directo a Superleague Formula com Alvaro Parente.

André disse...

vamos nos manifestar contra a liga

http://www.youtube.com/watch?v=1ZL5z9Una20

ajudem a divulgar por favor postem no vosso blog se precisarem da foto posso mandar lhes por email com todo o gosto!

saudaçoes portistas

Rose de la Vega disse...

Deixem de ser otários por favor. Ajudem-se a vós mesmos. Portugal precisa de sanidade mental e não insanidade regional e clubística. O Norte é Portugal tanto como o sul. Esse dirigente que o foculporco tem é uma nódoa no nosso futebol. Por arrasto leva a justiça Portuguesa e tudo mais. Mas o Benfica está a mostrar que não precisa dessas artimanhas para ganhar e a grande inveja que vós tendes no estádio do cagalhão é pelo facto de jorgarmos bem contra todos os vossos argumentos. As entrevista do contador de anedotas não passam disso mesmo, de piadas de caserna para consumo no cagalhoum.
Deixem-se discursos parvos e acordem

Anónimo disse...

Quem é esta "rosinha vesga" metido a iluminado ???!!!

Raúl disse...

Quem é o anónimo das 1:22 AM metido a tripa bacoca?