segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Assim está melhor!

Mesmo com as invenções do Jesualdo (o que trouxe Mariano à equipa?) viu-se ontem uma equipa com mais garra, com mais querer, com mais vontade e com mais entrega.

Não fez um jogo excepcional e está ainda muito debilitada, como se percebeu após sofrer o golo, os processos defensivos ainda apresentam imensas falhas - prova evidente é o golo, mais um falhanço colectivo da defesa - mas mesmo assim, caso a progressão continue no sentido iniciado na Ucrania, poderemos estar de volta ao nosso mínimo aceitável e estaremos de volta à discussão do titulo porque o FC Porto de rendimento mínimo chega para consumo interno.

Em todo o caso, como ontem ficou comprovado, o Pedro Emanuel também não é a solução que precisamos à esquerda. Por muita, raça, experiência, transpiração e entrega que ponha nos lançes, nem é o seu local de eleição, nem a sua velocidade lhe permite grandes feitos, como o demonstram os amarelos e a expulsão de ontem. Por isso é imprescindível que em Janeiro o Lino saia, tal como o Benitez (este talvez emprestar para rodar, pode ser que com 1 ano de adaptação ele mostre qualidades ainda desconhecidas) e que o sejam contratados/repescados 2 laterais, um esquerdo e outro direito, porque o único aceitável até ao momento é o Fucile e o Sapunaru, mesmo mostrando alguns bons pormenores, ainda está muito verde e tem de ser resguardado.

Outro caso semelhante são os extremos. Se o Rodriguez será uma questão de tempo até ser um dos principais e influentes jogadores da equipa e se o Tarik é sempre uma opção, os restantes jogadores ou não servem para a função ou são, aparentemente, ainda muito verdes (o Candeias, apesar de bons pormenores mostrados) pelo que é fundamental ajustar essa posição também.

Mas o importante mesmo, hoje, é celebrar o afastamento do Sportem da Taça, o borrego está finalmente morto, nem que seja por pénalti!

PS - Ridiculas os comentários sobre a arbitragem no final dos jogadores do Sportem sobre a arbitragem, porque ambos podem se queixar dela - o Liedson agrediu o Fucile e ficou em campo logo no inicio do jogo, ficaram dois pénaltis reais por marcar sobre o Hulk (e não conto com a simulação que valeu o amarelo) e a expulsão do Rochemback. Por isso, não se ponham a rugir que foram eliminados porque tiveram mais azar que nós, ou menos sorte, porque até jogaram bem e proporcionaram um bom espectáculo, mas o futebol em Portugal costuma ser assim, são 11 de cada lado e no final vence o FC Porto...

5 comentários:

José Campos disse...

num jogo em que o fc porto começou muito mal, para não dizer outra coisa, após o intervalo a postura da equipa foi outra. tivemos uma atitude de tri-campeão com garra e sofrimento, onde a união da equipa deu frutos. perante tantos erros acumulados pelo jesualdo em que foi destruindo a equipa desde o apito inicial, a qualidade da equipa veio ao de cima e ganhamos com toda a justiça.
grande noite de helton, criticado nos últimos jogos mas ontem esteve simplesmente perfeito...
pessima realização televisiva em que os dois comentadores não conseguiram esconder a grande falta de conpetência para efectuar um trabalho de qualidade num clássico como este sporting-fc porto. sofremos e fomos mais felizes mas fizemos por conseguir conquistar essa felicidade.
abraço.

a nação azul e branco

http//anacaoazulebranca.blogspot.com

El Pibe disse...

http://estadiodragao.com/televisao-pouco-independente/

dragaovenenoso disse...

Mantenho as críticas que fiz durante o jogo. À deriva na 1ª parte; muita vontade na 2ª parte. Pouco futebol de qualidade. A equipa limitou-se a fazer lançamentos compridos para o Hulk. É isto que aprendem?! É esta a tática? Depois, não quero ser chato nem implicativo, mas há uma diferença muito grande de qualidade entre Lucho, Lisandro e o resto. Basta ver como recebem a bola.

Realmente valeu a vontade dos jogadores, pois com as táticas não vamos lá. Nestes últimos tempos passamos a dar a 1ª parte aos adversários para reagir na 2ª. Devo estar a ficar velho, não consigo atingir esta visão do jogo.

RElativamente ao post do Pavão, eu discordo acerca do sapunaru. O único defesa que temos de jeito é o fucille. Depois de ver o carrinho do sapunaru na naval fiquei esclarecido quanto a ele. Defesas esquerdos é uma desgraça.

E andamos a desaproveitar o Lisandro pelas faixas quando ele reudeu o que vimos no ano passado pelo meio.

dragaovenenoso disse...

Ah, esqueci-me de dizer que os lagartos só têm de se queixar deles próprios. A 1ª parte desastrosa do Porto era mais que suficiente para arrumarem com o jogo. O rochemback é uma besta que dá SEMPRE porrada no Lucho e não há nenhum palhaço de preto ou amarelo capaz de o expulsar. O redes dos lagartos devia ter sido expulso quando se atirou para cima do Hulk. É falta sem bola e quase uma agressão, embora bem dissimulada. O rolando fez penalty. a besta gorda dos lagartos também fez sobre o rolando. Não vejo grandes diferenças a favorecer um ou outro clube, pelo menos daquilo a que estou habituado a ver.

Vitor disse...

Amigo, adorei o final do post: "mas o futebol em Portugal costuma ser assim, são 11 de cada lado e no final vence o FC Porto... " É curto, mas diz muito do que se passa no futebol desta terrinha! Bem hajas e continua que tás bem...

PS: e o nosso FCP está, devagarinho, a começar a mostrar serviço. No fim seremos uma vez mais, campeões!