terça-feira, 12 de dezembro de 2006

Faz parte do espetáculo

O meu caro amigo Francisco José Viegas escreveu uma crónica no JN da qual retiro apenas alguns passos.

E transcrevo esta parte da crónica para aqueles que logo no início da época falavam que as boas exibições deste jogador eram apenas fogo de vista. É que ainda na terça-feira, contra o Barcelona, foi apenas o melhor em campo.

Agora o FJV:

"4- Tenho duas campanhas pessoais, até ao final da época. (...) A outra consiste em relembrar ao F.C. Porto que Diego joga no Werder Bremen. (...)

5 - No segundo caso, Diego foi de novo distinguido como uma peça essencial no Werder Bremen. O que não servia no Dragão, serve para os teutões. Mas, claro, eles não sabem jogar à bola. Eu obrigava Co Adriaanse a indemnizar os adeptos do F. C. Porto."

E já agora relembro o que alguns disseram. Basta ir aqui

I rest my case...

9 comentários:

Deko disse...

Na Taça UEFA há muitos bons jogadores, não é só o Diego 'do papá'...

Querem o link para se fazerem sócios do Bremen, uma vez que já são sócios do Diego ?

Têm saudades do Diego ?!
Olha, eu também não !!

Nuno disse...

Pois eu tenho. Tenho saudades de todos os bons jogadores que vi jogar no FC Porto. E o Diego foi um deles!

Continuo a achar que tem lugar no FC Porto, e em qualquer equipa! E ter sido vendido por menos 1 milhão de euros do que aquilo que custou foi, para todos os efeitos, um negócio ruinoso!

SUPERiores disse...

Parece tão interessado no Diego esse tal FJ Peiga..? Podía tê-lo "contratado"!? , pessoalmente tambem não sinto desespero pela ausência dele..

Anónimo disse...

Presumindo que já viste o Anderson jogar, responde-me lá a uma perguntinha:

Tiravas quem da equipa para pôr Diego a jogar?

Lucho? Jogavas com Anderson e Diego na mesma equipa a acotovelarem-se??

Não esquecer ( porque convém agora vir triunfante) que já esta época jogadores do Bremen (Frings)criticaram duramente Diego por não saber libertar a bola na altura certa, prejudicando a equipa por isso. Coisa que Anderson sabe fazer, passar a bola na altura certa e imprimir velocidade nas transições ofensivas. Diego, apesar de ser um talentoso jogador não serve para equipas que apostam em 4-3-3, mas sim em equipas que apostam em muita circulação de bola .

Duvido que Jesualdo apostasse nele este ano tendo lá Anderson.

Anónimo disse...

A equipa ganhou ontem num jogo de raça e neste blog qual é a primeira coisa que fazem. Criticar o FCp por causa de um jogador que nunca fez dois bons jogos seguidos. Esta vontade de dizer mal do FCP é impressionante. Devem estar à espera que o FCP comece a perder para assobiarem a equipa. Para já não está a correr como o previsto.

Bacalhau Sardinha Assada disse...

O Diego faz-me lembrar outro jogador que jogou no werder, o Micoud. Naquele momento, em França, Havia um debate sobre a sua nao-convocaçao para a selecçao. No werder, era o lider da equipa fazia jogos maravilhosos, marcava golos que se farvata... Até o dia em que jogaram contra o Lyon nos oitavos de final da champion's li y levaram 7 no papo. o debate acabou ahi. Agora o Micoud joga no Bordéus, uma equipa que no ano pasado ficou terceira do campeonato. Compraram um jogador (micoud)e este ano a equipe é um desastre.
Pra mim o Diego nunca mostrou ser o jogador que pretendia ser, nunca o vi driblar um gajo,nao tinha profundidade nem velocidade. Jogava sempre aos tombos. Sempre pasava po lado. Agora, é verdade que é jovem, que certamente tem uma grande margem de progressao mas nao podia reclamar um estatuto que o seu jogo nao lhe permitia. Na verdade, aqueles protestos a reclamar um lugar com o seu paizinho ao lado foram de um ridiculo nunca visto. Devia mas é calar-se e trabalhar como fizeram outros antes de ele, e grandes jogadores. Basta so ver o Anderson, chegou, viu e venceu. Titular quase sem periodo de adptaçao, sem fazer barulho, sem chamar a maizinha, sem protestar enfim até nisso e do alto dos seus 18 anos é todo um senhor. Nada a ver com o menino Diego.

Ramos disse...

Diego nunca foi nem será jogador para o Porto!

Nem para limpar as botas do Andersson...Prefiro mil vezes o MAGNIFICENT IBSON ao quequezinho amuado e mimado do Diego.

Foi das poucas coisas que a besta holandesa fez de jeito...

GdI

Anónimo disse...

Foi uma pena ele ter ido embora. Nesta altura teríamos um meio campo de ouro, e que, treinado a contento poderia ser rodado sempre que o treinador quisesse sem perder qualidade. Não que não aconteça neste momento, mas de facto o Diego é mesmo muito bom.

Anónimo disse...

Neste Natal, boicote a "D.Quixote".