terça-feira, 7 de fevereiro de 2006

Desolção, frustração, comPaixão!

Desolação!
É como fiquei depois de mais uma demonstração de estupides no seus estado mais puro por parte do nosso mister. Então a ganhar 1-0 salta do banco a mandar defender. O Prof. Jesualdo, avisado lampião, mete mais um atacante deixando o nosso mister de olhos em bico. Salta o Bruno Alves do banco, rápido aquecimento e vai para dentro das quatro linhas. Podia ser Milão, em Novembro passado. Mas não, foi ontem, no Dragão, repetiu o mesmo erro, tirou um atacante (por sinal, aquele que mais se movimentava e prendia os defesas lá atrás e um trinco sempre próximo da defesa) e meteu o grandalhão, passando a jogar com um trinco a defesa direito, dois centrais de raiz mais o Assunção encostado a eles e o Pedro Emanuel a defesa esquerdo. Resultado, os marroquinos que já nos apertavam um pouco, encostaram-nos às cordas e o golo era uma questão de... atitude, da equipa ou do árbitro! Aconteceu aos 89m, felizmente, porque assim ainda empatamos o jogo. Fosse 5 minutos mais cedo e teriamos perdido o jogo em casa, como se viu com a inoperância e a falta de iniciativa em saber o que fazer quando chamou o Lisandro (que já estava na linha lateral para entrar no momento do penalti) para nada fazer...

Frustração!
Porque vou para o Estádio do Dragão sempre de coração nas mãos, não pelos jogadores que fazem o que podem e que lhes mandam fazer, mas pelas coisas pensadas e executadas pela administração da SAD e treinador.
É triste ver o FC Porto comprar jogadores em barda e não ter defesas direitos. É triste comprar treinadores em barda e não ter alguem que pense a equipa e planifique a época. É triste ter 5 pontos de vantagem na Liga (quando ainda temos de ir aos campos dos 2 grandes de Marrocos) quando empatamos jogos contra o Braga e o Rio Ave, pelo que poderiamos ir agora sossegadamente a 9 pontos. Pessoalmente, enquanto não formos matemáticamente campeões, continuo a achar que os favoritos são os lampiões.

ComPaixão!
Pela coisa abjecta que andou de apito na boca a sambar, a dar música aos adeptos e jogadores do FC Porto. Ele já nem faz de propósito, o anti-portismo já lhe está na massa do sangue, é deformação genética! Nunca vi coisa igual. Há árbitros que são malandros, manhosos e convenientes. E há este poio que com regularidade nos é colocado à frente para, de forma cirurgica, nos prejudicar pois sabem que ele nem precisa de ser industriado nesse sentido... Haja dó pela alma dos defecientes...

7 comentários:

Helena Henriques disse...

Bom, concordo com tudo. Só não percebo como continua esta coisa dos árbitros nomeados que leva sempre a, quem nomeou este senhor? e a discutir questões fora das 4 linhas. Enfim.

Anónimo disse...

Aqui têm uma crónica de um verdadeiro portista e não de pseudo-adeptos que só sabem desestabilizar a nossa equipa. Aprendam.

"Sábado passado, após o show de bola dado pelo Leiria aos lampiões da 2ª circular afirmei peremptóriamente a alguns colegas que o FCPorto, na segunda-feira (ontem) não ganharia o jogo, aliás, afirmei mesmo que Bruno Paixão não deixaria o FCPorto ganhar o jogo!!! Depois dos 90 minutos de ontem chego a uma simples conclusão: "só não acerto na emrda dos números do euromilhões, carago!!". De facto 7 pontos de avanço doiam a muita gente e a arbitragem encomendada para esta segunda-feira servia de segurança para o caso de se suceder que a viagem a Leiria de determinado clube não expurgasse a dose de humilhação que tinham levado em casa aos pés do vizinho "visconde"!!!! Serviu, e de que maneira, meus amigos, pela primeira vez na história a "águia de ouro" vai ser oferecida à mesma pessoa em anos consecutivos, no ano passado B.Paixão serviu os seus "patrões" inventando 3 penalidades e arrancando 2 expulsões a uma equipa da 3ª divisão (Oliveirense) que se recusava a perder frente aos titulares encarnados em plena Luz, este ano, o árbitro setubalense conseguiu atenuar a "fuga" dos portistas na tabela mantendo as esperanças lampiónicas em alta (pelo menos durante mais uma ou duas jornadas).

Sim, eu sei, só estou a escrever sobre o benfas e sobre o árbitro mas é que, depois de assistir ao completo massacre imposto pelo FCPorto ao Braga, na noite de ontem, depois de ver o Braga chegar ao fim de mais de uma hora de jogo com apenas 1 (!!!!) remate efectuado, depois de logo aos 10 minutos ter saltado da cadeira perante os remates ao poste de Adriano e Pepe, nada mais podia acrescentar... quem, por ventura, tenha assistido ao jogo ficou uma sensação de que aquele não era o Braga que se tem apresentado jogo atrás de jogo, e que o FCPorto não saiu vitorioso pro demérito seu, ou por mérito do Braga, o FCPorto não saiu vitorioso porque o árbitro não deixou, ponto final parágrafo!!!! As "posições" na liga e na APAF dão sempre frutos quando são precisas....

Analisemos as borradas "encomendadas" ao setubalense, que ditaram o desfecho da partida:

- no lance que origina o penalti a favor do Braga KIM está em nítido fora-de-jogo ( e já nem comento a forma espalhafatosa como se atirou para o chão o jogador bracarense, que teatro...!!!!);

- apenas 2 ou 3 minutos depois do empate Ivanildo é carregado por trás, por Andrés Madrid, dentro da área bracarense e o árbitro não assinalou penalti;

- aos 33 minutos Pepe salta com Paulo Santos na disputa de uma bola aérea - fora da pequnea área - e é assinalada falta ao defesa portista (não contesto a falta, também me pareceu), no seguimento PEPE é AGREDIDO por um defesa bracarense e por Paulo Santos (a agressão de Paulo Santos é evidente, ele espeta um murro em Pepe) o redes bracarense devia ter sido expulso por conduta violenta mas a aberração que se diz arbitro de futebol deu amarelo a Pepe (!!!!!) e a Paulo Santos;

- aos 50 minutos Nem corta a bola deliberadamente com o braço, dentro da área bracarense: grande penalidade que ficou por assinalar;

- tudo isto somado ao facto de que Bruno Paixão teimosamente deixava passar faltas violentas com as sofridas por Quaresma (como sempre) e Ivanildo e ainda as duas faltas cometidas por João Tomás, que entrou deliberadamente sobre Pepe, apenas com o intuito de derrubar o adversário e puníveis com cartão amarelo mas que o "encomendado" só castigou à 2ª, 2 fora-de-jogo ridiculamente assinalados ao ataque portista quando num se isolava Adriano e noutro Ivanildo deixam no ar que a "encomenda" cumpriu os seus propósitos e só não fez mais porque nenhum jogador do BRaga se conseguiu atirar para o chão novamente, após a invenção da grande penalidade que ditou o resultado do jogo!!!!

Recuperando uma expressão usada por mim há uns tempos: "Roubar é com uma pistola"!!!!!!"

O Dragao disse...

Ó anónimo, vai chamar pseudo-adepto à pessoa que vires quando estiveres em frente a um espelho. Sabes lá tu com quem falas...

Nuno disse...

Ò Dragão, provavelmente este anónimo é como o Julio César (o do Asterix, 'tás a ver?) que fala na 3ª pessoa... Talvez tenha percebido que ele é o pseudo-adepto, já que um adepto portista não lê cagadas sobre os lampiões! De resto, para aprender alguma coisa sobre como bem escrever leio todas as semanas os posts aqui colocados do MST e não as tretas que pseudo-adeptos anónimos comentam...

SLB AMO TE disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
SLB AMO TE disse...

LEVARAM 2 NA PÁ, NO ESTADIO DO MORCAO. PREPAREM SE PARA O 2º PRATO, NO RESTAURANTE DA LUZ! VOCES SAO UM VÓMITO! BENFICA AMO TE!

SLB AMO TE disse...

OLÁ, TRISTES. TAL COMO DISSE HA UNS DIAS E VCS APAGARAM, BEM VINDOS AO RESTAURANTE DA LUZ PARA O SEGUNDO PRATO. PRINCIPALMENTE DE FRANGO À BAÍA! PALHAÇOS. LEVARAM 2 NA PÁ, NO ESTADIO DO MORCÃO. ESPERO QUE TENHAM GOSTADO DE COMER MAIS. ATE BREVE, BRONCOS. SLB AMOTE AHAHAHAHAHAHAHAHAHAH