segunda-feira, 19 de setembro de 2005

Apesar do bom jogo, falhamos muitos golos.

Foi mais um bom jogo do Mágico Porto ontem em Braga. Falhamos na concretização, o que quando começar a acontecer, vai ser um caso sério.
O nosso mister quer que a equipa ataque e é o que ela faz. Em grande, mesmo.
Criamos ocasiões de golo sucessivas, mas a bola não quis entrar.
De notar o jogo feito por Ibson. Simplesmente fantástico. Ele roubou bolas, ele defendeu, atacou e torceu os rins aos jogadores do Braga. Ele estava na direita e na esquerda. Simplesmente fantástico. Se Ibson tivesse marcado aquele golo quase no final do jogo, teria sido uma exibição perfeita.
Lucho é de uma classe impressionante. Quem o vê de cá de cima das bancadas a adivinhar os lances dos adversários para se intrometer na linha de passe dos mesmos, verifica que estamos na presença de um jogador de classe superior.
De resto, um pouco mais de sorte e estariamos agora com 12 pontos.
Deixem-me também realçar o jogo do Bruno Alves. Seguríssimo no jogo aéreo e muito autoritário, mostrando que é, de longe, bem melhor que Pepe (desculpem a insistência, mas é o que penso).
Enfim... Não ganhamos, mas não é por isso que vamos esmorecer. Porque saimos do Estádio com a ideia de que jogamos para ganhar, que criamos oportunidades para tal e que a bola não entrou porque não calhou, ao contrário do ano passado em que quando não ganhavamos os jogos se devia ao completo marasmo da equipa.
A Superliga "Betadine" continua para a semana e temos a certeza que veremos mais um grande jogo do Mágico Porto.

3 comentários:

Alex disse...

Concordo ctg...é impressionate o caudal ofensivo desta equipa...e torna-se frustrante a falta de um matador...realmente o q seria desta equipa com um "bom-velho-Jardel", com um Liedson...

A ver vamos se os golos começam a entrar...

Raul disse...

Caro Dragão, ao contrário de ti, há coisas que eu tenho uma visão diferente.


- Lucho parece-me cansado, ainda não mostrou nada do que era apelidado, lento, muitos passes errados e remates sem qualquer nexo.

- Mas o que me está a revoltar neste meu Porto, é que me parece que as substituições já estão preparadas antes dos jogos, senão vejamos.

Diego, quanto a mim o melhor jogador do Porto nos últimos 3 jogos, sempre substituído e Jorginho que na pré época foi o nosso melhor jogador, mas que ainda não fez um jogo de jeito nos jogos oficiais fica sempre em campo para perder bolas para contra ataques dos adversários. Reparem que no jogo com o Rangers, após a saída de Diego o Rangers conquistou o meio campo.

Não compreendo a inclusão de Alan em detrimento de Quaresma, este ultimo muito melhor em minha opinião, mas para alguns só serve para jogar os últimos 10 minutos.
Reparem que Alan em Braga na 1ª parte cria o desequilíbrio e remata sem sequer olhar para a baliza, se fizesse golo teria sido uma sorte.

Concordo no entanto que temos tido problemas de finalização, mas também temos que ver que Jorginho não tem feito nada, veja-se, a jogar na posição de extremo quantos cruzamentos fez no jogo em Braga? Resposta 0, quantos desequilíbrios criou? Resposta 0. Se as bolas não chegarem aos pontas de lança, estes nunca poderão ser matadores.

Espero que as coisas mudem para melhor, no entanto acho que para isso acontecer o treinador terá que mudar algumas peças ou dar alguns puxões de orelhas.

Saudações Portistas

Dragão Azul disse...

O Lucho com o Ibson em campo joga numa posição diferente, mais recuado. Apesar do empate, podíamos ter trazido a vitória, mas nem tudo saiu bem, foi desesperante ver tantos cruzamentos sem qualquer nexo ou remates para a bancada (pedreira?).

Bem, continuamos na frente, estou confiante que o Nacional do M.Machado vai roubar pontos aos lagartos.