quinta-feira, 28 de junho de 2007

Meus caros, sem comentários... Fala por si...

"Apito Dourado: Lei da vantagem avaliada como erro
BILHETE PARA O ÁRBITRO FOI CONTRAPARTIDA

O despacho de acusação do jogo Nacional da Madeira-Benfica, da época de 2003/04, assenta em 46 pressupostos e um deles refere-se à análise técnica de um jogo que o Ministério Público (MP) entende ter sido viciado.

Para se contabilizar como único erro de arbitragem em benefício do Nacional um lance no qual o árbitro Augusto Duarte aplica a lei da... vantagem. Aconteceu ao minuto 8 quando, citamos, “um jogador do Benfica derruba com os pés um jogador do Nacional, a bola está já dentro da grande área mas, no entanto, fica a dúvida se a falta foi cometida dentro ou fora da área”, resultando desse lance um golo da equipa madeirense.

Quase irrelevante é, por outro lado, o erro que beneficiou a equipa do Benfica e que foi detectado no relatório técnico. Trata-se simplesmente de um pontapé de baliza que deveria ter sido um pontapé de canto.

Será também por aqui que a defesa das pessoas já acusadas neste processo de corrupção desportiva – o árbitro Augusto Duarte, Rui Alves, Pinto da Costa e António Araújo – irá tentar demonstrar, para já na fase de instrução, que a actuação do árbitro não teve qualquer interferência com o resultado do jogo (3-2 para o Nacional).

Combinado

Não é esse o entendimento do MP, que entende que o empresário António Araújo e o presidente do Nacional “combinaram entre si que o árbitro favorecesse a equipa do Nacional mediante contrapartidas económicas não especificadas a que não tinha direito”.

Uma dessas contrapartidas foi um bilhete para o jogo FC Porto-Manchester United, da Liga dos Campeões, oferecido pelo FC Porto a Augusto Duarte após a realização do jogo Nacional-Benfica, no dia 22 de Fevereiro de 2004. “O árbitro aceitou a promessa dos referidos bens (...) para alterar ou falsear o resultado do jogo”, considera o MP.
"

4 comentários:

dragaovenenoso disse...

Realmente...o árbitro vendeu-se por pouco.

Ridículo. Só mostra quais os verdadeiros intentos da corja que se diz amante do desporto e da verdade.

Se o árbitro não desse a lei da vantagem, aí sim estaria a viciar o resultado.

tripeiro disse...

Apito "encornado"!!!!

Um Abraço,
Tripeiro
http://magicoporto.blogs.sapo.pt

Anónimo disse...

Será altura das ESTRUTURAS DE ADEPTOS DO FCP (Claques;Casas do FCP,Delegações, Foruns portistas; Blogsportistas) de forma mais ou menos concertada, "DENUNCIAREM" ao PRESIDENTE DA rEPUBLICA E 1º Ministro o tratamento que o FCP tem,em quase todas as areas,especialmente se comparado,com o que è dispensado à concorrencia?!
SÓ QUEREMOS TRATAMENTO IGUAL P/TODOS,EM TODAS AS CIRCUNSTANCIAS!!!! Está na Constituição?!

Anónimo disse...

Vamos continuar a votar para fazer subir ainda mais o nosso grande FCP.
Orgulho em ser Dragão.

http://www.voteyourteam.com/

Votem e 1 hora depois podem votar outra vez.

Força FCPorto