quarta-feira, 8 de novembro de 2006

AZIA

Como lhes deve doer não terem nos seus plantéis ninguém que chegue aos calcanhares do Vítor Baía! Primeiro como jogador, depois como homem ou vice-versa, que a ordem dos factores é arbitrária. Que grande exemplo de profissionalismo e amor ao clube!
Eles, coitados, servem-se das loas que os "bardamerdas" da facciosa e execrável comunicação social lisboeta e dos seus comparsas bajuladores fazem aos mitos que vão criando, tanto os que cá estão como aqueles que jogam ou jogaram no estrangeiro, mitos que se esboroam como castelos de cartas, sem perfil humano nem futebolístico, mas que vão servindo para alimentar esses abutres.
Bravo, Vítor. Estás sempre a dar-lhes lições!
Ai, Ricardos, Ruis Costas, Simauzinhos e todos os outros! Como deveis sofrer!
Para não falar das imundas hienas da comunicação social!

3 comentários:

Anónimo disse...

O melhor Guarda-Redes Português da actualidade e de sempre: Vitor Baía.

A anos-luz de qualquer outro.

Futuro Presidente do MAIOR CLUBE DE DIMENSÃO EUROPEIA PORTUGUES.

Pinto Azul

Tripeiro disse...

É de facto o melhor guarda-redes do mundo!!!
Mete qulaquer outro no bolso.
Sem tirar o devido mérito ao Hélton, foi a coisa que mais me custou na época passada. A sua saída da equipa.
Um jogador como o Baía nunca acaba!!!
Deve ser complicado para um treinador escolher entre estes dois guarda-redes.

Um Abraço,
Tripeiro
http://anti-lampiao.blogs.sapo.pt

FCP43VER disse...

Baía tem mais títulos que os outros cromos todos juntos!
É obra.