sábado, 13 de maio de 2006

RICARDO QUARESMA, FPF E A TAÇA DE PORTUGAL

Lembrei-me hoje que amanhã se joga a final da taça de Portugal no Municipal de Oeiras. Melhor dito, lembrei-me às 20 horas. Na verdade, não fora o acaso de estar a televisão ligada na TVI, que transmitiu a convocatória do Prof. Agostinho Oliveira e provavelmente só cinco minutos antes do jogo me aperceberia desse facto.
Mas, como disse, assisti à convocatória e um nome obviamente se destacou - Ricardo Quaresma. Não foi surpresa nenhuma, antes uma confirmação. Já sabemos como funciona o Abominável Homem Gaúcho. Quaresma é do Porto, é genial, logo não é convocado. Mais simples do que isto, impossível. Claro como água. Não importa que, mesmo nos Avantes, ou nas tascas lisboetas Ricardo Quaresma seja consensualmente considerado como o melhor do campeonato e indiscutível na selecção. Aliás, esse facto só serviu para afastar ainda mais Quaresma da selecção - quanto mais o povo clamava por Quaresma, mais longe este ficava da Alemanha. Afinal, o AHB é um Deus clarividente do futebol e esse facto permite-lhe marimbar-se para o povo. A selecção portuguesa nada tem a ver com Portugal ou o povo português, por isso, para quê preocupar-se com os superiores interesses despotivos do País? Ricaro Quaresma tem no fundo que se revoltar é contra o povo e não contra o Abominável. Estivessem caladinhos. Tivessem enxovalhado o rapaz e este teria lugar cativo no onze. A alternativa, menos viável, era Quaresma sair do Porto. Bastava ira para a Rússia. Nem era peeciso jogar. Aliás, bastava-lhe andar há meio ano a treinar na praia para manter a forma. Ou então, podia ser suplente em Espanha, que já lá estava.
Foi este facto que me fez lembrar de Oeiras. Pensei eu: "Porque raios esta convocatória hoje, se amanhã sai a dos AA?" Depois facilmente entendi. Foi para dar alento a Quaresma. Este certamente vai jogar com outra alegria, ao saber que o seu trabalho árduo do ano foi compensado com uma chamada aos sub-21, para disputar o relevantíssimo europeu da categoria. Pela 1ª vez na vida, a FPF foi amiga do Porto. Mandaria a prudência que as convocatórias saíssem só depois da final. Com tudo isto, conseguiram motivar o Mustang... Obrigado FPF. Obrigado pela vergonhosa subserviência ao asqueroso Gaúcho que, ao humilhar-vos humilha o País. A História há de vos julgar por andarem 4 anos a desperdiçar o talento da melhor geração futebolísitca de sempre do País. As gerações vindouras hão de saber que todos os jogadores do Porto que o Gaúcho pode afastar, afastou. Hão de saber que Baía e Quaresma só não foram à selecção por causa desse crime hediondo de serem do Porto. Hão de saber que gigantes do futebol como Luís Loureiro e Rogério Matias tinham mais internacionalizações do que Ricardo Carvalho e Maniche antes do euro 2004. E o que dizer do facto de, a um mês do Mundial, um seleccionador dum País andar a negociar com outro, enquanto dizia mal desse 1º País? E que depois esse primeiro País, não obstante, lhe veio pedir de joelhos que ficasse, enxendo-lhe os bolsos de ouro?
Quanto à taça de Portugal, depois de me lembrar que amanhã se discute esse troféu, tive que alterar planos. Como é que me escapou tal coisa? Afinal, estive atento aos Avantes e aos telejornais toda a semana e não ouvi falar de nada... Tenho que confirmar. Será mesmo amanhã?

3 comentários:

Anónimo disse...

What a great site, how do you build such a cool site, its excellent.
»

Anónimo disse...

Very pretty site! Keep working. thnx!
»

Anónimo disse...

Greets to the webmaster of this wonderful site. Keep working. Thank you.
»