quinta-feira, 20 de outubro de 2005

O homem não é autista...

Co Adriansse deu ontem uma grande resposta. Antes, durante e depois do jogo. Disse o porquê de alterar o sistema de jogo e explicou-o bem. Segundo ele O Inter é a única equipa que defrontamos até agora que tem melhores jogadores que o Porto.
E esta é que é a verdade.
E também mostrou que aprendeu a lição. Ao meter Pedro Emanuel e Marek Check e pondo Paulo Assunção à frente da defesa. Viu-se logo no início do jogo a diferença da solidez defensiva.
Paulo Assunção foi simplesmente o melhor jogador em campo.
Check arrumou definitivamente com o Peixoto para o banco ou para onde ele quiser.
Pedro Emanuel fez um jogo enorme, com classe, demonstrando que o que aquela defesa precisa é de um patrão.
É certo que não gosto muito do Pepe. Mas o que é certo é que fez um bom jogo, não deixando, no entanto, de fazer aquela besteirada do costume mas que desta vez correu bem.
Bosingwa continua a mais na equipa. Distraído durante todo o jogo e um buraco na segunda parte.
Na frente, Hugo Almeida fez um grande, fora uma ou duas besteiradas de quem quer mostrar serviço. Correu o campo todo, ganhou inúmeros lances de cabeça entre os centrais e acabou o jogo esgotadíssimo, mas ainda assim a correr tudo quanto as pernas ainda o deixavam.
Lucho é um Luxo e acho que não preciso de dizer mais nada.
Mc Carthy, apesar do golo, foi uma miséria, mais parecendo uma vaca grávida. E claro o HARRY POTTER. Fantástico jogo. Com um árbitro a sério e sem se amedrontar com o poderio dos Euros Italianos e aquele defesa direito italiano não teria chegado ao intervalo. Está em grande forma e joga para a equipa. Por vezes, claro, também exagera no individualismo, mas nota-se já uma grande diferença no Quaresma.
E contra os Arautos da desgraça, principalmente os jornalistas (lembro-me ontem no jornal da tarde dessa estação TVI, a perguntar por quatro ou cinco vezes ao mesmo adepto se iria levar o lenço branco para o jogo, se era a última oportunidade do Mister, etc., etc, apesar do nosso adepto Dragão dizer sempre que não) aqui está a resposta.
Tinham reservado as capas dos jornais para a eliminação do Porto da Liga dos Campeões. Como tal não aconteceu, puseram-nos num cantinho, porque uma vitória contra o Inter de Milão é uma coisa banalíssima.
Vejam, em tamanho pequeno e sem os nomes dos pasquins, pois se há coisa que não faço é publicidade a esterco:

E contra factos, não há argumentos...

8 comentários:

Raul disse...

Além de termos ganho bem, tivemos um bocado de sorte, mas sem sorte não se faz nada. Apesar da vitória, voltei a não gostar do treinador, que apesar de estar mais ou menos bem na equipa principal, quanto a mim esteve muito mal nas substituições, a 1º embora não concorde muito não a discuto, a 2º é de todo descabida, e a 3º deveria ter sido feita muito, mas muito mais cedo. Apesar de termos vencido e bem, continuo a dizer que o Sr. Adrianse não é treinador para o nosso Porto.
Parabens a todos os que apoiaram, e em especial á equipa.
Saudações Portistas.

Nuno disse...

Tal como eu esperava (se a equipa fosse mudada) o Porto ganhou !

Gostava ainda de salientar a falta de sorte que o Porto teve com o árbitro da partida tendo poupado expulsões a vários jogadores do Inter, realço aquela do Julio Cruz (esse fdp), que na imagem se vê o árbitro a acompanhar a jogada (está de frente para o lance !) e quando vê (sim porque viu !) a entrada assassina do argentino sobre o jogador do Porto (assassina porque os pitons do argentino são cravados na zona da anca do portista), vira a cara para o lado como se estivesse a acompanhar o lance, tanto que, um jogador do Porto atira a bola para fora porque o seu colega de equipa está no chão a torcer-se de dores, o árbitro com 85m de jogo chama então o jogador do Inter à parte e recomenda-lhe (pasme-se !), calma ?!, ele que já tinha um amarelo e ía directo para a rua (sim porque naquela situação a bola vem rasteira e a entrada é feita na zona da anca ! É portanto, vermelho directo !) e não jogava o próximo jogo, que por incrível é contra o Porto. Quanto ao Cordoba fartou-se de dar porrada no Quaresma (tendo uma delas sido para vermelho directo, pois foi sem bola, mas dá ideia que o árbitro essa não vê ...) e levou um amarelo já no decorrer da 2ª metade do jogo, contei as faltas feitas pelo colombiano até então que mereciam amarelo, foram 6, entre elas, carrinhos, a pés juntos, por trás, agarrões na camisola, deu para tudo. Favalli foi outro 3 faltas feias, 1 cartão amarelo, será que o Porto se pode queixar da sorte ?

Quanto ao jogo só tenho a dizer que andava alí um jogador que está em má forma, chama-se Jorginho, para quando a sua saída da equipa ? Quantos passes errados e perdas de bola no meio campo ? Pois foi, foram muitas ...

Quanto aos jornais nem os compro, até o Jogo aqui em Lisboa mete nojo, porque como devem saber a capa que saí no norte não é a mesma que saí aqui no sul, senão claro está, nem vendiam !!!

Lindo é ver a carinha deles, hoje não se fala de bola em Lisboa outra vez, ou então o tema é o Sporting !

Abraço.

GM disse...

Compara com as capas de ontem....

Dragão Maronês disse...

Onde é que está a novidade?
Vocês ainda se admiram? Mas foi sempre assim...
Desta vez não foi o penteado do Simão, mas eles descobrem sempre alguma coisa, nem que seja uma mosca que caia na sopa de um qualquer apanha bolas da 2ª circular. Noutra altura há-de ser outra coisa qualquer.Ao Porto só lhe dão 1ªs paginas se houver algo de negativo (falso ou verdadeiro é indiferente) para noticiar.
É por estas coisas que uma derrota com o Benfica doi sempre muito mais...
Saudações Portistas

dragaovenenoso disse...

Pois, mas como só acontece de 14 em 14 anos... e se o treinador aprender as lições que tem levado, este ano vamos lá na 2ª volta dar-lhes no toutiço.

fernando disse...

nao acham que o cesar peixoto devia jogar à frente? a defender ele é uma boa bosta mas atacar é muito bom. Nesta epoca ele esta muito mais esforçado merece mais respeito e mais oportunidades. senao é melhor ir embora para outro clube pk a defesa eskerdo nunca mais

Apre disse...

Incrivel os tabloides, quero dizer...pasquins!

Como disse o Pinto da Costa na entrevista ao Apre: 'Perder 0-2 em casa com o equivalente futebolístico do Pato Bravo, na cadeia alimentar de uma coutada de caça Alentejana é o mesmo que dar dois tiros de caçadeira nos pés', eu acrescento que raramente aconteçe e se repete, como vimos ontem com o Inter numa vitória com a sorte (e o mérito), que estava a faltar ao Campeão Mundial.

É que com o Ricardo Costa e o Bruno Cabeçalves a centrais, até o freixo de espada a cinta vencia no Dragão, quanto mais a APAF!

Nuno disse...

Não estou de acordo quanto à análise do César Peixoto, pois à excepção de alguma falta de rotina defensiva (em movimentos perante o atacante ou em posicionamento táctico) ele não é inferior a nenhum defesa esquerdo português dos últimos 10 ou mais anos. É evidente que contra equipas com atacantes mais poderosos isso se nota mais, e quando o eixo defensivo falha (centrais e trinco) então ainda pior...

Julgo que o César é uma aposta para futuro nesta posição.

Já quanto ao Mac, totalmente de acordo e usava as mesmas palavras para o Jorginho que se arrasta em campo.

Fora isso, espero que as alterações não tenham sido para este jogo apenas, sob o risco de na Madeira contra o Nacional voltarmos a claudicar...