sábado, 12 de maio de 2007

MAIS UM PALERMA DO FUTEBOL PORTUGUÊS

José Mota, treinador do Paços de Ferreira, por quem até nutria alguma simpatia, proferiu ontem inacreditáveis declarações na antevisão do jogo de amanhã.
Na conferência de imprensa, o palermita disse que o Paços tinha oportunidade de fazer história, pois poderá chegar à Taça Uefa e "tirar o título ao F. C . Porto".
Ora, como todos sabemos, mesmo que o Porto perca em Paços de Ferreira, não perde necessariamente o título. José Mota sabe que chegar à Taça Uefa não implica necessariamente que não seja o Porto o campeão. Para além do mais, para o Paços de Ferreira, é (deveria ser) perfeitamente irrelevante quem se torna campeão, mal se percebendo que fique a constar na história desse clube como coroa de glória "tirar o campeonato ao Porto".
Só se entendem estas declarações infames como manifestação de uma costela, ou de toda a sua grelha costal anti-portista. No mínimo, o idiota pretende assim cair nas graças dos Avantes e seus acólitos, piscando o olho à segunda circular. Inclino-me mais para a primeira hipótese.
Sendo eu Presidente do Paços teria chamado a atenção do treinador. Mais importante ainda, espero que haja tempo, antes ou depois do jogo, para que alguém da SAD, fora do calor da noite, dê a devida chanfalhada a este bronco semi-analfabeto.

3 comentários:

JRP disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JRP disse...

Meu caro,

Em toda a minha vida estive uma vez com José Mota. Foi na manhã e na noite de 26 de Maio de 2004, no caminho e no regresso de Gelsenkirchen.
José Mota não ia com convites nem em comitivas. Mota ia com um amigo apoiar o seu clube no meio da multidão.
Tive a sorte de ficar junto a ele duarnte os dois percursos de autocarro entre o aeroporto e o estádio.
Reconheci naquele homem alguém tão portista quanto eu, que sofreu e se empolgou naquela vitória como qualquer outro portista como eu ou tu.
Entre as muitas coisas que falamos recordo-me particularmente de uma:
"se pudesse ia para o banco em todos os jogos do paços com a camisola do Porto"

Muitas vezes, as afirmações como as de ontem são descontextualizadas ou então servem mais para agradar à multidão que crença pessoal nelas.
Acreditem: se o paços contribuir para a derrota no campeonato do porto, aquele homem ficará provavelmente feliz em termos profissionais, mas seguramente infeliz em termos pessoais e emocionais.

Abraço e boa sorte, FCP!

Deko disse...

Quando o Braga veio esta época ao Dragão haveria em Portugal alguém que quisesse que o FCPORTO perdesse mais que o J.Costa ?!

Então qual o problema ?!

Clube do coração não põe 'pão na mesa'. Compreendam quem é profissional!