quarta-feira, 26 de julho de 2006

Rigtersbleek-F.C. Porto, 0-13

Novo jogo contra amadores, nova goleada. Boa noticia, o Bruno Morais jogou, não se lesionou e foi o melhor marcador, com 3 golos. Será ele o substituto do McCarthy (adeus!) já que o Hesselink parece estar fora de causa? A ver nos próximos jogos, se possivel contra adversários mais fortes...

Segundo o site do FC Porto, foi "um bom teste da máquina goleadora".

Mais um teste, nova prova de ambição, qualidade reforçada e aperfeiçoamento constante. O F.C. Porto cumpriu esta terça-feira mais um jogo de preparação no estágio que está a realizar na Holanda e voltou a confirmar as excelentes indicações dadas até ao momento.

Co Adriaanse pedira empenho e muitos golos e recebeu em troca uma exibição bem interessante, recheada de ambição e espírito colectivo. Apesar de terem pela frente um adversário amador, os azuis e brancos assumiram toda a responsabilidade na abordagem ao amigável, logrando um triunfo esperado, mas enriquecido com vários dados para promover discussões.

Desde logo a vocação atacante, as mudanças do ritmo de jogo e a variação dos flancos. É com estas características que o Dragão quer alimentar o seu fogo. E esta pré-temporada tem servido para afinar a tendência.

O encontro com o Rigtersbleek exibiu ainda o perfume dos atletas do F.C. Porto. Golos de encantar, movimentos excelentes e uma propensão para dar espectáculo reforçaram a importância desta partida. Os atletas do F.C. Porto continuam a crescer.

Hoje foi também o dia em que Bruno Moraes voltou a jogar pelo F.C. Porto depois de um longo período de recuperação. O atleta exibiu excelentes pormenores e marcou três golos. Quaresma e Vieirinha também estiveram muito bem a rasgar as alas e Adriano a finalizar.

O maior destaque, todavia, tem de ser dirigido para o colectivo. A estrutura começa a mostrar firmeza, mesmo que esta ainda seja uma fase laboratorial. Os próximos dias continuarão a oferecer novos dados, mas os indícios começam a ser firmes: o F.C. Porto está num bom caminho.

F.C. Porto: Paulo Ribeiro; Pedro Emanuel, Bruno Alves e Ezequias; João Paulo, Diogo Valente e Marek Cech; Vieirinha, Adriano, Bruno Moraes e Quaresma

Jogaram ainda: Jorginho, Sektioui, Raul Meireles, Ibson e Alan

Golos: Adriano (2 e 9m), Bruno Moraes (13, 26 e 42m), Vieirinha (16 e 58m), Quaresma (19 e 22m), Jorginho (59m), Raul Meireles (68m), João Paulo (78m) e Sektioui (79m)

28 comentários:

Francisco disse...

Sim, eu sei que ganhámos o Campeonato e a Taça de Portugal no mesmo ano, o pretérito, facto tanto mais de assinalar se nos lembrarmos que um presidente de um clube, não sei se ele se o acólito brilhant...ina ainda não há muito tempo se ufanava orgulhosamente de em três anos de exuberante gestão ter conseguido três títulos:uma supertaça, um campeonato e uma taça de Portugal!!!
Mas presumo que não nos queiramos de forma alguma confundir com essa moirama.
Vem isto a propósito de esclarecer que, a despeito dos êxitos conquistados, o nosso treinador ainda me não convenceu e que continuo a considerar a gestão da SAD muito nebulosa,muito feita «pour épater le bourgeois», sem critério nem rigor. Mas isto é apenas uma voz que clama no deserto.

Nuno disse...

Não é uma, são quatro que neste blog tens mais 4 criticos regulares, por esses mesmos factos, em mim, no Dragão e no Azulão...

Dragão da Moita disse...

Somos cinco, embora reconheça que o nosso presidente, Sr. JORGE NUNO PINTO DA COSTA,seja o presidente que todos os clubes gostariam de ter, incluindo mesmo os benfas e os sportings. Não nos podemos esquecer do CLUBE que eramos e o CLUBE que somos, independentemente de concordar a 100% com os comentários, Sr.Francisco e do Pavão.
VIVA O NOSSO GRANDE F.C.PORTO.
Saudações Portistas.

Anónimo disse...

Eu anónimo me confesso e resolvo continuar a discussão neste post.
Não creio que o Francisco possa deduzir de todas as minhas palavras que eu achei a contratação do Sonkaya maravilhosa. Aliás de laterais direitos eu ainda me lembro daquela lateral direito chamado Buturovic que seria um excelente substituto para o João Pinto e que acabou por redundar num fracasso. É claro que todos os anos temos contratações sem rigor. Até no tempo do "incriticável" Mourinho (ou como eu gosto de chamar o tempo em que nas Antas e no Dragão não havia treinadores de bancada, pois tudo o que o homem fazia dava certo). Lembram-se do Marco Ferreira. O que me deixa mais inquieto sem contudo deixar de respeitar a vossa opinião (Francisco e os autores do blog, que aproveito para cumprimentar porque embora não concorde com nada do que vocês aqui escrevem considero que está extremamente bem feito) é que V. Exas não pregam no deserto, ainda que sejam vozes calmas. Porque quem vai assistir os jogos do FCP como eu vou sabe perfeitamente que os assobios são muitos e muitas das vezes sem sentido. Senão vejamos dois exemplos. Entre o Diego e o Jorginho qual dos dois era o mais assobiado. O Jorginho apesar de ter mais golos e mais assistências do que o Diego. Enquanto isso o idolatrado Diego passeava-se por Paris enquanto o FCP jogava contra o Benfica na Luz um jogo importantissimo. Entre o Benni e o Hugo Almeida qual dos dois era mais aplaudido. O benni claro que embora tendo menos golos, tendo manifestado o desejo de sair, tendo ido no inicio da epoca passada, sem autorização do FCP, a Londres negociar com o West Ham, recebe contudo aplausos como se fosse o ídolo. Pois ele até pode dizer que será para sempre Dragão. Pois foi graças ao FCP que ele é campeão europeu.
São estas algumas das questões que me inquietam nos sócios do FCP, sem atribuir nenhumas a voces porque não sei se fazem isso no estádio. Espero sinceramente que não. Até eu achar que os sócios do FCP não estão a ser justos continuarei a aplaudir e elogiar o trabalho de jogadores tão maltratados como é o caso do Jorginho.

As melhoras para a sua doença Francisco. Espero que a recuperação seja o melhor possível são os meus desejos de um portista indefectivel que apesar de não concordar consigo não lhe quer mal. Continuarei a criticar o que for criticavel neste blog desde que os autores o permitam é claro. Quanto ao meu anonimato ele não está em discussão. O que estão em discussão é o nosso clube.

O Situacionista disse...

Caro Francisco,
Apesar (, se bem entendi,) da piada de muito mau gosto que resolveu fazer com o meu nome, como, felizmente, a opinião é livre e estou perante um portista, ainda por cima, ESPECIAL (no sentido em que referi no meu comentário anterior), apenas vou atribuir o facto a alguma dificuldade de argumentação para sustentar a sua tese, o que, sem ironia (acredite), manifestamente compreendo.

Aproveito também a oportunidade para lhe desejar as melhoras tão rápidas quanto possível.

P.s - Caro Anónimo, ainda estou para ver se vai ser este ano que o “Incriticável”, finalmente, vai perceber, que só ganhou o que ganhou porque estava no clube onde estava. E não APENAS o contrário...

P.s. 2 – Dragão da Moita, é precisamente essa a ideia.

Zirtaev disse...

Já que passaram para aqui a discussão eu tb passo o comentário feito no post anterior.

Com todo o respeito pelo Pavão e pelo Francisco quero aqui dizer que estou em total acordo com o que foi dito pelo Sitacionista e pelo anónimo.
Em todas as equipas que tivemos, e falo em especial das campeãs, existiram más contratações, é uma questão de ir verificar. E o que o Francisco está a tentar fazer, talvez por não gostar do treinador, é dar demasiado enfase às más contratações deste treinador, isto apesar dele ter conseguido uma das poucas dobradinhas da história do clube.
E é disto que tenho medo, que os poucos sócios (felizmente)que parecem não ter dado o braço a torcer, entrem "com duas pedras na mão" para qq jogo do FCPorto e a equipa volta a passar por momentos de instabilidade. Aproveitam qq coisinha (como o esquema tactico experimentado num jogo de TESTE) para já começar a dizer mal e fazem isto pq depois podem não ter opurtunidade, como aconteceu o ano passado em que no fim enfiaram a viola no saco.
Não quero ofender ninguém, mas esta é a minha opinião. Sou sócio á 15 anos, tenho lugar anual e sou pelo menos tão portistas como todos vocês.
Espero que aguardem para criticar no fim de cada jogo ou no fim do campeonato se realmente for um fracasso o ano desportivo porque se assobiam durante os jogos podem crer que só estão a prejudicar a equipa e consequentemente o clube.

Um abraço.
http://portistasdebancada.blogspot.com/

Anónimo disse...

Sobre o jogo de preparação?????? Faço minha as palavras dos jornalistas do Ojogo:


"Não é fácil tirar grandes conclusões de um jogo como o de ontem. O adversário era fraco, ou melhor, muito fraco, e revelou-se incapaz de criar problemas ao FC Porto, por mínimos que fossem. Não atacou, não defendeu e quase não correu… No final, e tentando extrair o que de positivo houve neste jogo de preparação (?) (?) - para além da obrigatória entrega e veia goleadora da formação azul e branca - salvou-se o regresso de Bruno Moraes à competição."

Francisco disse...

Quero em primeiro lugar pedir desculpa ao «situacionista», mas de forma alguma a alfinetada era para o sócio correligionário, mas para o pseudónimo utilizado, de que, francamente, não gosto. Lembram-me outras coisas...De um lampião ou de um lagarto, vá que não vá, mas de um DRAGÃO!Mas gostos não se discutem.
Apesar de não concordarem comigo, opiniões que respeito,gostaria de explicitar melhor as razões da minha inquietação.Sei perfeitamente que o nosso Presidente vale e sabe mais de olhos fechados do que todos outros com eles bem abertos. No entanto acho que nos últimos anos o nosso Porto não anda a ser muito bem gerido:perdeu-se uma ocasião única para estabilizar as finanças do clube; não se construiu o Pavilhão multi-usos tão necessário às outras modalidades; esbanjaram-se fortunas em contratações sem nexo de que continuamos a pagar a factura e quando falo do Sonkaya é só para contrapor à do Marek Cech.
O meu Presidente Pinto da Costa de antes não se deixava enredar por folhetins como foram o do Kromkamp e o do Hesselink. Não era óbvio que o famigerado Koeman (acolitado por trás pelo Kadafhi e pelo jagunço) tudo fariam para que o Hesselink não viesse? Que se o Porto chegasse aos oito milhões, apareceria de imediato outro entrave? O Pinto da Costa que eu conheci j+a tinha aparecido com outras alternativas mais credíveis. Aliás, o Co Adriaanse que disse na época passada que já estava a preparar a presente temporada e pretendia o Hesselink, porque não propôs ao presidente uma jogada de entecipação, no género da que foi feita com o Seitaridis? Foi assim com o Paredes e tantos outros. Assim,só para alimentar os pasquins desportivos da capital que gozam com o pratinho. E como estas muitas mais. Sem honra nem proveito.
Nas bancadas não assobio (até porque não sei, como já disse) e fico delirante com as vitórias do meu PORTO.
Mas não perco a lucidez ao ponto de não reconhecer que algo vai mal no reino da Dinamarca, como dizia o Shakespeare.
PS: Para mim, a utilidade excelente deste blog é esta: confrontarmos em família pontos de vista diferentes sobre o NOSSO PORTO.
Por isso me insurjo contra as presenças execrandas e nauseabundas de intrometidos frustrados e rancorosos.

Nuno disse...

Obrigado pelo contributo elevado que tem trazido nos comentários, Francisco, sem dúvida que é por adeptos assim que somos os maiores. Já agora, Zirtaev, como já o dissemos neste blog anteriormente, aqui não há competições para ver quem é o mais portista, porque os portistas são todos tão grandes que não se medem! Eu sou sócio há 21, filho de sócio com mais de 50 anos de sócio detentor de cartão dourado e neto de sócio! Na minha familia ser-se portista está no sangue, é um estado de alma! Somos portistas como somos portugueses, não escolhemos nem optamos, somo e ponto final!

De resto, as criticas que o Francisco aqui fez neste comentário temos vindo a fazer ao longo do tempo neste blog, estão cá todas e ainda mais algumas.

Ninguém retira mérito pelo que se fez e conquistou. Mas tudo isso não nos pode toldar a vista de perceber que há coisas que de facto não andam bem, que não andam bem não é de hoje ou tão pouco do ano passado, que são problemas antigos e cuja resolução tem vindo a ser protelada e encoberta por estas vitórias, mas que nos podem vir a custar muito caro num futuro bem mais próximo que aquilo que muitos pensam.

Quando olho para a gestão do Bayern de Munich, onde alguns dos seus grandes jogadores das últimas décadas têm vindo a suceder-se na presidência do clube sem qualquer conflito e com muito sucesso (ganham competições europeias desde os anos 70, dominam o campeonato alemão desde essa altura) e têm no clube imensas mais valias infra-estruturais e desportivas, penso que era assim que gostava de ver o meu clube. Hoeness, Beckenbauer, Rummenigge... Todos têm passado pela presidência do clube, da Liga alemã, da Federação alemaã e possivelmente vamos ver algum deles a presidente da Uefa ou da Fifa. Será que no Porto não era possivel fazer uma transição geracional sem traumas nem tabus que só com este presidente é que somos campeões? Só porque ganha não é criticável e é perfeito? E o mesmo se aplica ao treinador. Ou aos jogadores. O Jardel foi dos melhores pontas de lança que vi jogar mas critiquei-o muitas vezes. O Mourinho, confesso, como o Robson, raramente os criticava porque raramente encontrava motivos para isso, mas também o fiz de vez em quando. Reivindico o mesmo direito de o fazer nos termos e na forma que achar mais apropriada - e hoje acho que este blog é óptimo para isso mesmo.

E só espero que a SAD dê aqui (na blogosfera!) uma vista de olhos de vez em quando para saber o pulsar da massa adepta. Porque a vida não é feita só de yes-man!

Nota - Francisco, desejo também que rapidamente melhore de forma a torcer pelo FC Porto a 100% no estádio todos os jogos, a começar já este domingo!

yagami disse...

porra .... off topic , mas tou enraivecido !!!

vi a noticia do ojogo sobre o jogo contra o heraldes

sokota já tá lesionado outra vez !
porra
se o meireles sofrer uma entrada ... o sokota lesiona-se
se o ibson for ao chao , o sokota lesiona-se

mas o palhaço ainda estas ferias a fazer entrevistas que éra este ano e que se sentia bem , ainda nem acabou o estagio , e já tá lesionado ?!?

se o sokota ficar no plantel , ou o bruno alves ... eu simplesmente nao me consigo rever neste porto. nojo ... simplesmente nojento

( desculpem este post enraivecido )

Zirtaev disse...

Caro Francisco, sobre o aspecto da direcção do FCPorto (PdC) já estar a vacilar em casos em que antes não acontecia tenho que concordar. Mas daí a não apoiar a equipa enquanto dura o jogo (que pelos vistos não é o seu caso) faz-me pensar às vezes não lutamos todos pelo mesmo. Fico mesmo enfurecido com os assobios que faz com que a bola queime nos pés dos jogadores do FCPorto e isso nunca pode ser bom. Pura e simplesmente não os compreendo. Já no fim dos jogos até poderei compreender, mas nunca deixar de apoiar a equipa durante os jogos.

Caro Pavão não foi minha intenção entrar em qq competição que fosse de portismo, apenas quis vincar o meu portismo para que me "localizassem" no seio da família portista.

PS: Já te tinha pedido e volto a fazê-lo. Haverá algum problema em linkar o teu blog no meu e poderás linkar o meu no teu?
Um Abraço.
http://portistasdebancada.blogspot.com/

O Situacionista disse...

Caro Francisco,
Não raras vezes o difícil não é errar, é assumir o erro.
E para se ser capaz disso, a educação que nos deram ajuda imenso.
Por outro lado, costumo dizer que ser portista é uma questão de (boa) educação.
Como o Francisco é portista...
Resta-me, antes de encerrar esse pequeno “incidente” dizer-lhe somente, num aparte, o seguinte: o meu nome é APENAS desportivo. É que eu sou pela estabilidade, p ex., de treinadores, mesmo quando não gosto deles....e isso, porque o mais fácil é criticar, acarreta-nos certas consequências (nominativas) dos nosso amigos e consócios ...
E acredite, sou do tempo da Liberdade e um seu defensor INABALÁVEL !!!!
Por isso, pedia-lhe que não voltasse a conotar o meu nome com o que quer que seja NÃO DESPORTIVO, muito menos, com tempos, felizmente, idos.
Aliás, não será por acaso que o FCPorto é o Campeão da Democracia !!!

Dito isto,
E voltando à vaca fria, reitero que discordo em absoluto da visão do Francisco e do Pavão quanto ao nosso Presidente (a propósito e para que não haja dúvidas, sou um fã INCONDICIONAL dele; para mim, o melhor presidente de todos os tempos, passados e futuros, em todo e qualquer lugar do planeta).

Mas o Presidente Pinto da Costa tem um GRAVE problema – Tornou-nos um dos maiores Clubes do Planeta e não está contente. Quer mais. Já venceu tudo o que havia para ganhar mas quer mais.
Portanto, o problema é que vence em demasia, de tal forma que há quem pense que é fácil fazê-lo e que se lá estivesse, então, só nós seríamos campeões. Só espero que esses continuam apenas a sonhar ....para eu não passar a ter PESADELOS...

P.s. – Ah, se vale de alguma coisa os anos de sócio, eu sou-o (com lugar anual) há mais tempo do que o Pavão (já agora, meu caro, que grande família !!! Parabéns !!!).

P.s. 2 – Caro Zirtaev, quanto aos assobios, como o compreendo....

Francisco disse...

Obrigado ao Pavão, ao Zirtaev, ao Situacionista e a todos os que se interessaram pela minha saúde. Pode ser que em breve retorne ao meu querido Dragão.
Ao Situacionista amigo relembro que estabilidade não é imobilidade e marasmo, é andar para a frente, procurando errar o menos possível e aprender com os erroas passados. E no meu fraco entender estão a cometer-se erros de que, como muito bem diz o Pavão, os custos podem ser muito gravosos. Também eu invejo a política do Bayern e almejava uma idêntica para o nosso PORTO. Infelizmente a política de endeusamento e de mitomania trazem custos elevados. Admirar Pinto da Costa não quer dizer que tenha de se dizer Amen a tudo quanto ele diz ou faz, até porque, comprovadamente, já fez melhor. Ser fã de Pinto da Costa não é fechar os olhos e aceitar de ânimo leve que ele e a SAD estão a gerir sem mácula os destinos do clube, porque não estão. Ser adepto do nosso Presidente (também o sou) não é deixar para as calendas o problema sucessório numa de «saio quando os sócios quiserem que eu saia». Isto não é gerir bem o nosso clube.
Por outro lado e não estando eu de acordo com muitas das atitudes das claques, não deixo de concordar com elas quando falam em negociatas e comissões:de agentes, de treinadores, de dirigentes... há muita promiscuidade, há muito pouca transparência, para o meu gosto.
Há um consócio nosso que no seu blog «óculos azuis e brancos» com muita frequência e sentido de oportunidade vai pondo a nu certas mazelas. E não é menos portista por isso. Pelo contrário.
Quanto ao assobiar os atletas em campo sou absolutamente contra. Até porque,para mim, o primeiro responsaável pelo bom ou pelo mau jogo de uma equipa é o técnico. No fim do jogo, se assim o entenderem, os adeptos devem pedir contas ao responsável. Aos jogadores, deve ser o trenador a fazê-lo em pleno balneário e não em público.
Caros consócios, vejo com alguma inquietação os adversários a reforçar-se e bem tendo em vista neutralizar os pontos fortes do nosso PORTO. Agora foi o Fonseca. Não sei quanto custou, mas nós andámos entretidos com o Hesselink!
Só se estamos à espera
do Sokota e do Postiga para resolver a situação.
Cada vez que me lembro do Pedro Mendes, até sinto arrepios.

Atenas,Maio de 2007 disse...

Caro Francisco:
Excelente texto.Só não concordo com o tema de Pedro Mendes.Você trocaria algum jogador de meio campo pelo Pedro Mendes?Trocaria Lucho,Assunção,Meireles,Ibson,por ele?Sou grande fã de Pedro Mendes,mas não teria lugar na actual equipa.Não se esqueça que nunca foi titular indiscutível com o incriticável Mourinho...

Francisco disse...

Talvez tenha razão,atenas, maio de 2007, mas repare na outra vertente do problema: o que é que ganhámos com o negócio? O Helder Postiga?Eu falo do affaire Pedro Mendes, porque o que mais me dana é que se tratou de uma contratação disparatadíssima que só teve lugar, porque os pasquins lisboetas começaram a parangonar a hipótese de o Postiga ir para os lampiões!...Isso é que me dá arrepios e é aquilo a que eu chamo esbanjar estupidamente dinheiro. Não é o Pedro Mendes que faz falta, é o Postiga que está a mais. E tudo por uma pipa de massa sem retorno. Exemplo idêntico é o do Sokota: como resultaram bem as contratações do Maniche e do Deco todo o bicho careta que tenha estado na moirama há-de pegar de estaca no nosso clube!Não pode ser. É paranóia.´uma cópia do que lampiões e lagartos andaram fazendo. Mal, mas com o mal deles podemos nós. Agora irmos pelo mesmo caminho? São muito mais os falhanços do que os sucessos.Para mim,isto foi e continua a ser um disparate; a isto chama-se malbaratar o dinheiro que devia ser investido na formação dos nosssos jovens ou que podia ser utilizado em contratações menos onerosas. Sinceramente não percebo o que fazem os nossos "olheiros" dentro e fora do país. Parecem uma cambada de vesgos ou então de incompetentes! E de certeza que não trabalham a troco de uma sardinha na broa e de uma cervejita apenas, para acalmar o estômago.
É por tantas destas coisas que cada vez vêm sucedendo com mais frequência que me parece que a nossa nau anda à deriva e que os últimos sucessos são uma panaceia para encobrir tais enfermidades. Juro-vos, prezados consócios e amigos, que não sou nenhum Velho do Restelo,mas orgulho-me de pertencer a um clube diferente, que trabalha com mais carácter e redobrado rigor, porque também sabe que, se não for assim, é logo trucidado. Mais uma razão para, com os pés bem assentes na terra se ter uma gestão extremamente rigorosa e equilibrada. Eu sei o que custaram 17 anos de deserto e frustrações e, agora que felizmente o ciclo se inverteu temo que, se não houver contenção, quando dermos por ela estaremos a resvalar para o precipício. Porque, caros amigos, o que descontrola as despesas não são só os exagerados vencimentos dos jogadores;é a quantidade louca de funcinários, são os vencimentos dos gestores e respectivos staffs,é o sugadouro que tende a não ter fim e que só pode levar ao descalabro.
Depois, queridos amigos, o comportamento portista não difere muito da maneira de ser do português: estamos na frente, somos os maiores, não há problemas; a coisa corre mal, aqui d'el rei, não prestamos para nada, vamos de imediato para a política dos remedeios cada vez mais onerosos e com poucas probabilidades de sucesso.Tivemos exemplos recentes de que estamos a pagar os dividendos. Somos sempre o oitenta e o oito e o oito e o oitenta!
No meu modesto entender, é no tempo das vacas gordas (não são assim tão gordas,mas enfim!), é no tempo das vacas gordas,dizia eu, que se deve tudo fazer para ter a casa bem arrumada. Depois, é chover no molhado.
O nosso Presidente não sei se neste momento está bem assessorado em termos de SAD. O Poder corrompe, o poder corrói, o poder destrói.
Estarei a ser pessimista,caros consócios?
Oxalá esteja enganado e tudo vá correr pelo melhor. É o que desejo do fundo do coração.
VIVA O PORTO,COMPANHEIROS!

O Situacionista disse...

Caro Francisco,

Acabei de ler atentamente o seu “manifesto político” APC (Anti-Pinto da Costa).
E apesar de eu estar, como imaginará, frontalmente contra, reconheço que está muito bem feito. Mesmo excelente.
Só que, ao contrário do que o Francisco suspeita, eu não entendo que esteja a ser demasiado pessimista, entendo sim, que o Francisco se esqueceu de escrever a última frase do seu texto, a qual só pode ser uma de duas:

Hipótese A – “E, depois, eu acordei...”

Hipótese B – “E, depois, o mundo acabou....”

Confesso que estou indeciso na opção....

P.s. – Ó caro “Atenas, Maio de 2007”, não me venha dizer que lhe passe pela cabeça que o FCPorto possa ir à final da Champions no próximo ano !!! É que só de pensar na penitência que o Pavão, o Francisco e demais iriam ter de cumprir (talvez umas 200 voltas à sala oval da SAD do FCPorto), até fico arrepiado....

Anónimo disse...

Só queria comentar o facto, de que por aqui, vai muito bom o nivel de comentários. Continuem assim. Saudações
portistas.

Zirtaev disse...

Caro Francisco sobre o Sokota fiz ontem um post em que me interrogo precisamente o que ele está a fazer no FCPorto, pode ler aqui: http://portistasdebancada.blogspot.com/
Sobre as outras questões, apesar de achar que realemnte nem tudo está bem tb não acho que tudo esteja mal. Acho que exagera e acho que esta direcção já nos deu mais provas de confiança do que o contrário. Afinal de contas o que querem os adeptos senão títulos. O clube pode melhorar em muitos aspectos? Sim claro que pode e a sua opinião é muito válida para o melhorar, mas estaremos assim tão mal? Quem estará melhor que nós na Europa senão clubes que têm outra margem de manobra que nós nunca poderemos ter?

Um abraço.

Anónimo disse...

Gostava de cumprimentar os participantes neste debate, porque mostram o quanto gostam do F.C.Porto.
Se me permitem, também eu atravessei 19 anos de deserto em que encontrar um portista fora da cidade do Porto era um milagre. Felizmente esses tempos já lá vão e já não haverá muitas pessoas a tê-los vivido (infelizmente). Toda esta transformação tem um rosto de liderança (J.N.Pinto da Costa), acompanhado durante estes 25 anos pelas mais diversas equipas dirigentes, umas melhores, outras piores...
Não vou sequer discutir a justeza das contratações feitas ao longo dos anos, embora me custe lembrar de Panduru, Kenedy, Pedro Henriques e dos mais recentes Maciel, Leo Lima, Pitbul, Sokota...O que verdadeiramente me custa é ver desbaratar todo o investimento feito nas camadas jovens do clube, produzindo nos últimos anos tão poucos jogadores aproveitáveis para os seniores. Com isso se vai perdendo parte da mistica que fez do F.C.Porto o colosso que é hoje. Deixo apenas uma pergunta: porque se vendeu para o Inter de Milão um jovem (Coelho), que era só o melhor jogador da nossa equipa de juvenis, embora ainda fosse juvenil de 1ºano? Não teria sido possivel segurá-lo? Não será nestes negócios que vemos fugir os futuros craques?
Um abraço para todos os portistas e tenhamos esperança numa nova época recheada de êxitos

Sckit

Francisco disse...

Prezados consócios:
Já devem estar fartos de me aturar, mas eu acho este blog tão excelente e a oportunidade de trocarmos impressões sobre o NOSSO CLUBE tão relevante que não me eximo a mais uma intervenção. Sobre o jogo de ontem só vi os últimos dez minutos e, por isso, não me posso pronunciar, mas do que li hoje na imprensa, não sei se me enganarei muito, julgo porém que os candidatos à saída vão ser o Diogo Valente e o Vieirinha. Se isso acontecer, confesso que ficarei irritado. E sobre o assunto mais não digo. Para já.
Alguns consócios insinuaram que eu seria anti PdC. Não sou. Houve um escritor, não recordo agora se Unamuno se Ortega e Gasset, que afirmava que o «Homem é aquilo que é mais as suas circunstâncias». Julgo que para PdC as circunstâncias são totalmente diferentes das de há anos atrás e é para isso que eu pretendo alertar.
Por várias vezes têm vindo a lume insinuações de que os administradores deste blog e agora até eu consideraríamos o José Mourinho «um incriticável». Não posso falar pelo Dragão, pelo Pavão e pelo Azulão, mas pela minha parte,independentemente de o considerar um excelente treinador, acho que comete erros e alguns de palmatória, mesmo nas contratações. Mas há mais. Considero simplesmente vergonhosa a atitude tomada para com o FC do PORTO e os seus associados, após a conquista da Champions League.Se o Porto deve muito a Mourinho, a inversa é tão ou mais verdadeira. Aliás uma das coisas que me irrita solenemente é o evidente namoro e aproximação que sem pudor, através dos seus tentáculos que tanto mal disseram dele mas agora são indefectíveis, anda a fazer a quem o pôs na rua. Mourinho pode ser um grande treinador, mas como homem, vale muitopouco. Incriticável? Nem por sombras.
Por falar desse triunfo, todos vivemos intensamente as vitórias na UEFA e na Champions, mas, caros amigos, houve outros sucessos que não me deixaram menos orgulhoso. Recordo aquela manifestação de regozijo intenso quando nas Antas desfilaram os nossos campeões de futebol e de seguida os campeões de todas as outras modalidades? Foi das manifestações que mais me emocionaram. O coração quase me rebentava de orgulho e alegria. Ou quando,para além dos seniores, vencemos os campeonatos de todas as camadas jovens.Agora...
Desculpem não continuar,mas estou emocionado.
Um abraço para todos, concordem ou não comigo.

Dragão da Moita disse...

Sr. Francisco:
Sendo eu, um acérrimo defensor e fã, do nosso Presidente, Sr. JORGE NUNO PINTO DA COSTA; não deixo de continuar a estar completamente de acordo, com todos os seus comentários. Continue assim e terá sempre o meu incondicional apoio.
Desejo-lhe um rápido restabelecer da sua saúde.
Um grande abraço.
VIVA O NOSSO GRANDE F.C.PORTO.

Anónimo disse...

Devo dizer, que o Zé Mourinho foi um dos melhores treinadores que passaram pelo F.C.P, se calhar o melhor, atendendo aos resultados, e gosto muito dele,(para sempre), mas nunca mais esqueço a atitude dele, na final de gelsenkisen.(german name). Ele e os jogadores, (dele) atingiram o top dos top´s. Tudo de bom para o Mourinho, mas ele nunca se vai esquecer do Futebol Clube do PORTO

Francisco disse...

Meu caro "Dragão da Moita":
Queira crer que fico muito sensibilizado com os seus comentários,porque, além de elogiosos, é sempre bom saber-se que há alguém que pensa como nós. Uma coisa,porém, lhe peço,é que não me trate por Sr. Francisco, apesar de eu saber que o faz por consideração e respeito. É que isso obrigar-me-ia a tratá-lo também por Sr. Dragão da Moita,o que me parece pouco consentâneo com o espírito que preside às nossas intervenções neste blog que, volto a repisá-lo, reputo de excelente. Nos mais de sessenta anos que levo de paixão portista nunca tive a oportunidade de trocar ideias sobre o meu clube com outras pessoas que não fossem familiares e amigos.Por isso, agora que me sinto um pouco melhor,vos estou a massacrar constantemente.Estou até a achar mais piada do que a retomar o meu blog.
Por outro lado o tratamento de senhor, em vez de aproximar,afasta e, no fim de contas, pertencemos todos à mesma grande família: A GRANDE FAMÍLIA DO NOSSO F.C.PORTO.
Vale, caro Dragão?!

Dragão da Moita disse...

Vale, caro Francisco:
Pode crer,que ao fazer-lo, era mesmo por consideração e respeito;
pois, assim fui educado, por uma Família humilde e do Norte (Tarouca-Lamego), mais ainda: Francisco, era o nome do meu falecido Pai, também ele, um grande PORTISTA. Por tudo isto e não só, peço ao Francisco, encarecidamente, que continue com os seus excelentes comentários, neste , não menos excelente blog.
Um abraço deste DRAGÂO, que muito o considera.
VIVA O NOSSO GRANDE F.C.PORTO.
É O NOSSO ORGULHO É A NOSSA GLÒRIA.

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Your are Nice. And so is your site! Maybe you need some more pictures. Will return in the near future.
»

Anónimo disse...

Your are Excellent. And so is your site! Keep up the good work. Bookmarked.
»