quinta-feira, 30 de março de 2006

Assino por baixo

Da crónica do Miguel Sousa Tavares, faço minhas as palavras...

"2 Quando me acusam de ser um portista faccioso, eu riome por dentro. É que eu, pelo menos, não escondo que sou portista e é nessa exclusiva qualidade que aqui escrevo. Mas o que dizer dos supostos imparciais e independentes que também escreveram que o Sporting tinha justas reclamações da arbitragem de Olegário Benquerença? Eu, pelo menos, reconheço que o jogo não valeu nada, o Porto não jogou nada e, mais uma vez, Adriaanse demonstrou uma total falta de ideias e de estratégia para ser capaz de ganhar um jogo importante. Mas eles acaso viram um Sporting dominador, a jogar bem, a criar oportunidades e a não ganhar por culpa do árbitro? Porquê que aos protagonistas do FC Porto nunca ninguém se lembra de perguntar se têm queixas da arbitragem e aos do Sporting são todos questionados sobre isso: o presidente, o vice-presidente, o candidato a presidente, o director do futebol, o adjunto, o treinador e os jogadores, só faltando omassagista e o roupeiro? Porquê que, quando eles se queixam que ficou um penalty por marcar, ninguém tem coragem de lhes lembrar que a jogada começa numa falta que ficou por marcar contra o Sporting? Porquê que, quando o Ricardo diz que não ganharam porque não os deixaram, ninguém tem coragem de lhe dizer que se ele tivesse conseguido defender um dos penalties, como o Baía fez, podiam ter ganho? Porquê que quando o Paulo Bento tem o desplante de se queixar da inferioridade numérica, ninguém se atreve a lembrar-lhe que ela durou exactamente um minuto de jogo jogado?

E o que dizer da miserável história inventada pelo Record da bola supostamente atirada pelo Baía à cara do Ricardo? Olhem bem para a fotografia: vê-se a mão do Baía emposição de quem acabou de lançar a bola devagar na vertical para que o Ricardo a agarre tranquilamente; e vê-se o Ricardo de braços caídos e a desviar a cara. Das duas, uma: ou o Ricardo não tem reflexos para agarrar uma bola que qualquer criança agarraria e então não se percebe que seja um guarda-redes tão extraordinário como dizem que é, ou então fez de propósito para fazer passar por agressão o que só com toda amá-fé do mundo pode ser visto como tal. Mas, pelos vistos, houve quem quisesse ver isso mesmo. É gente que, do futebol só gosta de inventar casos e suspeitas e suscitar lamúrias e queixumes de maus perdedores. É a gente que tem dado cabo do futebol português. Ainda bem que eu nunca serei presidente do FC Porto. É que se o fosse, acho que um dia acabava por perder a paciência e retirava a equipa das competições. Deixava os cavalheiros e os regeneradores a falar sozinhos e a dividirem entre si os campeonatos, como nos tempos do antigamente, de que eles têm tantas saudades.

3 E assim, estudadamente, vai-se preparando o ambiente para o Sporting- Porto de 8 de Abril. Vai-se preparando o ambiente propício à nomeação de um Lucílio Baptista ou semelhante. Há duas coisas que eu seria capaz de apostar acerca desse Sporting-Porto que aí vem: uma, é que o FC Porto não vai acabar o jogo com onze jogadores; outra é que, se o Sporting não ganhar, todo o seu povo vai atribuir as culpas ao árbitro.

Na Luz, depois de perder com o Benfica, ouvi Co Adriaanse dizer uma coisa, com a qual nem sequer concordei, mas que, de forma alguma me irritou: que o Benfica tinha ganho porque tinha sidomelhor. Quando será que ouviremos os grandes senhores do Sporting algum dia dizerem coisa semelhante?
"


Comentários:
a) sobre o jogo com os lagartos, totalmente de acordo: não jogamos nada e mais uma vez o Co mostrou não saber como é que se faz para ganhar a um grande...
b) sobre o árbitro, totalmente de acordo: nós fomos mais prejudicados que a lagartagem, não temos é a TV, a rádio e a maioria dos jornais a falarem por nós, antes sempre contra nós...
c) tudo isto é a preparar o ambiente para o jogo no SanitárioXXI da mouraria: a minha aposta para o árbitro Lucilio "Calabote que rouba penaltis ao FC Porto" Baptista...
d) o que me irritou na frase do Co (que os lampiões ganharam porque jogaram melhor) é que isso é o assumir da sua própria incompetência pois ele está lá para fazer o nosso FC Porto ser SEMPRE melhor que o adversário! Em tempos antigos, o Quinito deixou o cargo pois achava que não era competente qb... conclusão, os holandeses são tipo lapa e piores que políticos, agarram-se ao tacho e não desgrudam... silit bang com ele a ver se a coisa volta para a terra das tulipas, para o PSV, o Ajax ou para outro sitio que me abstenho aqui de comentar!

3 comentários:

MacGowan disse...

Para não darem tanto nas vistas, já mandaram esse "calabote" para apitar o jogo da lagartada em Guimarães!!
O guimarães é que vai pagar as favas....

Apre disse...

A unica coisa que o Baia pode atirar à cara do Ricardo são os seus 27 titulos!

GM disse...

Totalmente de acordo, também já tinha escrito que essa situação com a arbitragem foi uma forma de pressão sobre o jogo que se avizinha entre Porto e Sporting.