quinta-feira, 5 de maio de 2011

Dublin, a quinta final

Basileia, Viena, Sevilha, Gelsenkirchen e agora Dublin.

Em 27 anos, esta é a 5ª final que o FC Porto vai disputar. Palavras para quê, aqui se escreve a superioridade total do FC Porto nos últimos 30 anos do futebol português e europeu.

E ver o Braga conseguir eliminar as galinholas que estavam cheio de peito e prosápia soube muito bem, E ver as galinholas a levarem pancada nas bancadas também, eles merecem cada cacetada que levaram!

Dia 18 a final que Portugal queria: FC Porto contra o Braga.

E que vença o melhor (que é o FC Porto, pois claro!)

Entretanto preocupante são as lesões de Cebola e Fernando. Espero que não sejam graves e que estejam aptos para as duas finais de dia 18 e 22, contra Braga e Guimarães. Em grande o nosso RADAMEL FALCAO que bateu um histórico recorde de Jurgen Klinsmann que tinha 15 golos marcados numa época europeia. Com o seu golo de hoje, contabiliza já 16 golos em 16 jogos esta época e ainda tem a final para aumentar o pecúlio pessoal.



Uma equipa para a história do clube, juntamente com os planteis de 1984 (finalista vencido da Taça das Taças), de 1987 (vencedor da Taça dos Campeões), de 2003 e 2004 (vencedores da Taça UEFA e Liga dos Campeões).

Parabéns a todos, todos nós estamos de parabéns!

1 comentário:

Dragaopentacampeao disse...

Passagem à final como se espera e pretendia, num jogo complicado em que o FC Porto não foi capaz de evitar a derrota.

O jogo podia e devia ter sido melhor controlado, apesar da real valia do adversário. Os Dragões atravessaram neste jogo demasiados momentos de nervosismo e desconcentração, um tanto incompreensíveis, tendo em conta a confortável vantagem de que dispunham.

Valeu-nos nessas alturas o bom momento de Helton (que grande exibição!)que com um punhado de enormes defesas evitou o descalabro.

O objectivo foi conseguido, mas fiquei com a sensação de que se o FC Porto tivesse jogado o seu normal, teríamos saído do El Madrigal com mais uma vitória.

Parabéns a toda a «família» portista que contribuiu para mais uma final europeia.

Um abraço