domingo, 10 de abril de 2011

Faltam 4 jogos...

...para terminarmos a liga invictos.



E, deixem-me dizer, isso será uma situação que tão cedo não será repetida. Basta ver que a última foi em 1972, ano do meu nascimento... E este é, por isso, um objectivo tão importante de ser atingido como ganhar o campeonato em si mesmo.

Mas sobre o jogo de hoje, esteve bem AVB com a aposta de rotação do plantel e de dar mais alguns minutos a jogadores menos usados e menos minutos aos mais usados. É, evidentemente, uma aposta arriscada até pelo que se passou na Taça da Liga. Mas acredito que AVB sabe dar a dose de vitamina psicológica necessária aos jogadores nesta fase do campeonato para poder apostar neles.

Apostou e ganhou, porque foi uma equipa raçuda e com querer que conseguiu por duas vezes desfazer o empate poucos minutos depois de sofrer cada um dos golos.

Mas atenção aos lances de bola parada, não é possível jogadores da estatura dos nossos sofrerem aqueles golos. Maicon, tão bom a atacar os lances de bolas paradas (como o provam os 3 golos consecutivos que leva) falha muito nos lances defensivos. Isto para não falar nos lances de bola corrida onde os falhanços dele são propensos a ataques cardíacos nos adeptos...

Bem hoje estiveram os laterais Sapunaru e Sereno, que subiram bem no apoio ao ataque e defenderam q.b.. Esteve bem o Moutinho (mas alguma vez ele está mal?), o Rolando e o Falcao, que voltou a facturar um excelente golo, à matador. O Souza e o Bellushi estiveram num plano normal. Já o Maicon e o Hulk estiverem na maior parte do tempo num plano fraco, mas em momentos inspiradores souberam marcar golos decisivos, em particular o primeiro do Hulk que não só libertou a equipa no jogo como foi, ainda, um golo de excelente efeito e só ao alcance dos melhores.

Guarin entrou bem, como o Walter, que dá luta e tem bom toque de bola. Continuo a achar que deveria ter mais tempo de jogo. Aliás, acho que ele e o Cebola são credores de mais minutos. O Mariano antes da lesão já não era nada de especial, mas depois da lesão nem se fala... para esquecer, o Jesualdo espera por ti lá na Grécia...

Por último, realço dois jogadores algarvios que me chamaram a atenção. Um é o central que nos marcou o golo, Ruben Fernandes, internacional sub-23 por Portugal e que já esteve em França no PSG em testes. Pareceu-me ter bons pés, bom posicionamento em campo, é alto e forte e tem bom jogo de cabeça. O outro é o jovem ganês de 18 anos, Wakaso, irmão de outro que está no Villareal contra quem deveremos jogar em breve, e que me parece ser um jogador com enorme talento - se bem que este acho que é do Villareal e não do Portimonense.

Para a história, ficam os dados da vitória por 2-3 do FC Porto neste jogo contra o Portimonense:
FC PORTO: Beto, Sapunaru, Rolando, Maicon, Sousa, Sereno, Belluschi (Guarin, 53), João Moutinho (Mariano, 58), Ruben Micael, Hulk e Falcão (Walter, 71).
Não utilizados: Pawel, Rodriguez, James e Fernando.
Acção disciplinar: cartão amarelo para Sapunaru (14) e Rolando (83).
Ao intervalo: 0-0.
Marcadores:
0-1, Hulk, 50 minutos.
1-1, Ruben Fernandes, 60.
1-2, Falcao, 63.
2-2, George Mourad, 84.
2-3, Maicon, 86

AH! E os lampiões continuam a sua saga de nos querer dar um novo record de diferença pontual para o 2º classificado, também conhecido como primeiro do últimos, com mais uma derrota hoje. E já vão a 19 pontos...

3 comentários:

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Ontem como era de esperar não fizemos um grande jogo.

Villas-Boas face aos castigos, e face aos desafios da Liga Europa, poupou jogadores, dando oportunidade a outros para mostrarem se merecem ficar no plantel da próxima época.

Foi uma primeira parte paupérrima, em ritmo lento, com um Portimonense a necessitar de pontos que nada arriscava, e um FC Porto que sabia que face à nossa superioridade individual e às fragilidades defensivas do adversário mais tarde ou mais cedo marcaria.

Na segunda parte demos mais velocidade ao jogo, e com naturalidade chegamos à vantagem num fantástico golo de Hulk.

Poucos minutos depois sofremos um golo de bola parada, numa desatenção da nossa defesa que deixou Ruben Fernandes saltar à vontade.

Mas a superioridade do FC Porto fez nos voltar à vantagem no marcador, numa excelente jogada de combinação, culminada com uma excelente assistência de Ruben Micael.

Souza um dos que ontem não aproveitou a oportunidade, em mais um lance de bola parada não acompanha o salto de Mourad que restabelece o empate.

O Porto reagiu naturalmente e Maicon, o melhor elemento da nossa defesa no jogo de ontem carimbou a vitória num excelente cabeceamento.

Destacar pela positiva, Ruben, Hulk (melhor em campo), Maicon, Moutinho e Falcao que estiveram melhor que os seus colegas.

Pela negativa Souza que não agarrou a oportunidade, embora também tenha pesado o muito tempo de ausência.

Rolando também teve um exibição menos conseguida, deixando-se antecipar no primeiro golo do Portimonense, e esteve muito lento.

Sapunaru, Guarin e Belluschi cumpriram.

Sereno teve pela frente o melhor jogador do Portimonense, Candeias e foi resolvendo os problemas colocados. Notou-se a falta de rotina e entrosamento com os restantes colegas de sector.

Beto penso que podia ter feito melhor no primeiro golo dos algarvios, uma vez que a bola cai na sua zona de acção, de resto cumpriu efectuando duas grandes defesas.

Boa presença de público, e uma arbitragem sem erros.

Abraço e boa semana

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com/

ultrafcporto disse...

Mais um passo rumo a invencibilidade, foi um jogo fraquinho ou quanto baste, a linha defensiva esteve um pouco tremida, mas o objectivo foi conseguido, tiveram um gesto bonito os jogadores ao mandar as camisolas para os ultrasfcp como forma de agradecimento por o seu apoio durante toda a época em todos os estádios, pois somos nós a vossa força a vossa voz.
Cumprimentos,
www.ultrasfcporto.com

100% Dragão disse...

Boa Noite!

Criei a pouco tempo um espaço dedicado ao nosso FC Porto, se possível, gostaria de propor uma troca de links.

100% Dragão - http://fcporto.neositios.com

fcporto.neositios@gmail.com


Cumprimentos

100% Dragão