segunda-feira, 18 de maio de 2009

Mais um atropelado

E segue a rotina de ganhar, em casa ou fora, com uma 2ª volta excepcional e em particular nas partidas fora de casa, onde igualamos um velho record de 11 vitórias consecutivas.

Não fosse o desvario de Outubro e esta época tinha sido a papel químico da última, com 20 pontos de adianto...

Assim, enquanto a equipa vai recuperando fisicamente para a final da Taça, continua a fazer resultados esmagadores, atropelando o quase despromovido Trofense com um 1-4 que terá sido, até, modesto pois se o FC Porto tinha carregado no acelerador, não teria parado por ali.

Para memória futura, a grande exibição de Lisandro, autor de 2 golos e 1 assistência, jogando a 9,5 atrás do ponta de lança. Depois das alas, depois do centro do ataque, agora mostra qualidades a vir ao meio campo pegar no jogo e colocar a bola na frente. Se o FC Porto deixar sair o Lisandro, será o maior erro que comete desde há muito tempo. Lisandro é único, é uma peça essencial na equipa, luta, joga, faz jogar, marca e dá a marcar como nenhum outro na equipa. Continua a correr até depois do árbitro dar o jogo por terminado, é um lutador incansável. O Lisandro não só merece ser um dos mais bem pagos do plantel, como merece jogar no FC Porto como o Aloisio ou o Pedro Emanuel - até não poder mais, aos trinta e muitos de idade. Estes jogadores valem ouro pelo que fazem dentro de campo, pela energia e luta e entrega que dão. Não há muitos assim, não podemos perder este de jeito nenhum.

Faço por isso daqui o meu apelo à SAD para que se esforce em manter o Lisandro no plantel. Tenho a certeza que o Lisandro não quer sair por vontade própria, quer apenas que seja reconhecido o seu papel no plantel. E o papel dele é fundamental e merece receber o mesmo ou mais que o Bruno Alves, o Lucho ou o Cebola. É justo. Com Lisandro, somos favoritos ao penta. Sem Lisandro, será sempre mais difícil...

2 comentários:

natasha disse...

Watch Natsha Naked!

Rui disse...

Está tudo dito sobre LISANDRO. LISANDRO FOREVER.