sábado, 1 de dezembro de 2007

Vermelhos x FC Porto

Na quarta foi o desastre amplamente relatado por toda a blogosfera azul. Nem me alongo muito sobre o assunto, basta-me dizer que quando se inventa e se joga para o empate normalmente dá no que deu.

Espero apenas que hoje à noite o treinador, num arrufo de encarnadismo que lhe estará à flor da pele, não invente novamente, não se ponha a defender o zero a zero (ainda me lembro de um dos mais idiotas treinadores que passaram pelo FC Porto, Ivic, defender que se quando o jogo começa e está 0-0 há que defender esse resultado para não se perder o ponto que já está garantido...) e que parta para cima dos lampiões porque só assim é que o FC Porto sabe jogar. Bola no pé, classe do Lucho, centros do Quaresma, Lisandro na área a facturar.

2 comentários:

Pedro Reis disse...

Lá têm que aguentar o Jesualdo...
Aguenta e não chora!
POOOOORTO!

Dragão Maronês disse...

Grade jogo do Porto na capital do império falido.
Um golo estupendo do Quaresma.
Vamos ver como é que os galináceos, amanhã,vão justificar o embandeirar em arco que todos vimos nos jornais de 5ª Feira passada, como se tivessem acabado de conquistar o acesso a uma Fase importante da Champions League, quando a verdade é que tinham sido postos fora dela e o embandeiramento era só porque era necessário levantar-lhes a moral com muletas porque aseguir teriam que defrontar o F.C.Porto.
Ora tomem lá e vão-se curar.
Vivó Porto!