quinta-feira, 29 de junho de 2006

PINTO DA COSTA TAMBÉM DOMINA A RYAN AIR

É!!! Este título deverá ser o das páginas frontais num qualquer pasquim nacional logo após visionarem aquilo que aqui vou publicar:
Aqui no site da Ryan Air

1.ª questão: Porque será que não aparece a Capital do Império?

(clique na foto para tamanho grande)


2.ª Questão: Será que não se enganaram no que dizem sobre o Mágico Porto e sobre os clubes da Capital do Império? Vejamos:

(clique na foto para tamanho grande)


Será que eu li bem? Será que li mesmo bem?
Isto não é dito num blog do Mágico Porto ou em qualquer site do Mágico Porto...
É num site de uma empresa de renome internacional, repito:
"reduce the influence of the Lisbon clubs, which was notorious during António de Oliveira Salazar's Dictatorship".
Caros Mouros, é preciso traduzir?

9 comentários:

PavlovDoorman disse...

Dragão tás preparado para ser interrogado pela P.J.? Pelo FBI?
É que isto é pior k uma bomba, isto é mais k terrorismo, ou será k é apenas e só a verdade?

D2 disse...

Eu diria mais, prepara-te para ser interrogado pelo Bakero, o benfiquista mais Portista da internet. Certamente ele irá conseguir provar que Pinto da Costa realmente domina a Ryanair.

Anónimo disse...

1ª questão: pela mesma razão pela qual não aparece Madrid. A Ryanair não opera nem num nem noutro sítio. (Desculpe a desilusão, desculpe não ter escrito porque os de Lisboa são isto e aquilo e os da Ryanair odeiam-nos)

2ªÉ claro que não. Esse domínio foi notório até meados de oitenta. Agora, toca a ler bem: reduziu a influência dos clubes de Lisboa, que foi notória durante a ditadura de António de Oliveira Salazar. Como bem sabe, apesar de o negar, o Belém foi o clube do regime.

Saudações Leoninas.
A. Nónimo

O Dragao disse...

Resposta ao Lagarto ANÓNIMO:
Essa segunda interpretação e pedindo e insistindo para ler "deu-lhe razão" de certeza absoluta. Eu é que estou enganado.
Eu vou ler bem: "clubes".
No meu português, "clubes" é no prural.
No dicionário consta que plural
"diz-se do número gramatical que indica mais de um;".
Ora se indica mais que um, poderá só ser o Belém? Belém embora tenha duas sílabas, é só um, não é?
Vou ler bem: "reduziu a influência".
Segundo o Lagarto, grande influência é ganhar 1 campeonato em 41 anos de ditadura.
Eu repito: 1 em 41.
O Belenenses tinha influência? E só ganhou um campeonato em tantos anos de ditadura
Diz que como bem sei... Não, não sei. E V.ª Ex.ª deve ser um jornalista anónimo de um desses pasquins portugueses. A verdade dói, não é?

Anónimo disse...

Bem, a primeira imagem é onde os aviões da Ryan Air aterram. Eles nem sequer usam o aereporto de Frankfurt para baixar as despesas. Usam um pequenino. O facto de usarem o aeroporto do Porto deve estar relacionado com os custos e com o número de clientes, pois apanha a zona da Galiza. Juntando a Galiza e o Norte do nosso país, é quase a população portuguesa. Por isso é que não querem fazer a ligação férrea entre o aeroporto do Porto com a Galiza. É para justificarem a construção na OTA. Até a TAP já opera em aeroportos espanhóis para ir lá buscar clientes em voos regionais e depois passarem para voos intercontinentais. enfim...

Estamos numa democracia ditatorial, é o que é.

Anónimo disse...

olá

por muito que isso vos custe a ryanair só voa para aeroportos baratos. dai não voar para lisboa.

abraços

O Dragao disse...

Mas por muito que te custe o 2.º quadro pos-te com uma azia bestial e ainda por cima deu o mote para a série de posts que v~em a seguir...

Joaquim Varela disse...

A "Capital do Império" não aparece, porque basicamente a RyanAir não tem vôos para Lisboa.

Talvez fosse conveniente alguma informação antes de atirar "postas de pescada par o ar"... Penso eu de que.

Anónimo disse...

"a ryanair só opera no porto porque considera esta cidade a mais importante de portugal", logo motivo para deitar abaixo lisboa e o slb. foi mais ou menos assim que percebi este estúpido post.
em portugal a ryanair só opera em faro e porto. da mesma forma que, por exemplo, a easyjet (outra low cost) só opera em lisboa. por amor de deus, a malta do futebol não encontra outros argumentos de discussão.
assinado: portista e do porto (irrita-me respirar o mesmo ar dos estúpidos e imbecis)