terça-feira, 1 de abril de 2008

ORGASMOS PRECOCES E IMPOTÊNCIA

Ontem ao fim do dia, os sites da RTP, SIC, TVI, do abjecto/dejecto Correio da Manhã e dos panfletário sarracenos Avante Lampião e Avante Lagartão, escarrapachavam os seus últimos orgasmos precoces: "Porto pode descer de divisão". Por uma noite, 6 + 3 milhões dormiram sossegados. A fome no estômago e a prestação por pagar não lhes perturbou o sono. Pinto da Costa vai ser executado no Campo Pequeno e o Porto vai despromovido para os distritais.
Mas eis que, apenas umas horas depois, dia das mentiras, afinal o máximo que pode acontecer é o Porto descer 6 pontos dos míseros 16 de avanço de que dispõe. Este facto tira a virilidade máscula de qualquer ZéZé Camarinha, o que fará a um pobre bom chefe de família... Afinal, ficámos todos a saber que os observadores indicados de propósito para ver se descortinavam se os árbitros desses jogos tinham deixado um jogador do Porto jogar de cordões desapertados, concluíram, com mágoa, que não tinha havido qualquer falseamento de resultados. Afinal, não tinha havido corrupção consumada...
Restou o fraco consolo ao adepto vermelho Ricardo Costa, presidente da Comissão Disciplinar, a oportunidade fabulosa na notificação. Coincidência espantosa, a mesma ser feita na semana do tri! Com ela, ficámos também a saber que Pinto da Costa, que segundo a Meretriz Virgem, era extremamente cuidadoso para não falar ao telefone com árbitros, teve o trabalho de levar um a casa, dar-lhe 2.500€ e não ter sequer conseguido com isso um livrezeco à entrada da área. Que seria certamente exemplarmente marcado por um qualquer brilhante suplente que nesse jogo alinhou...
Coisas de somenos importância jurídica, como motivação do crime (faltava, tal como agora, uma vitória para o título e, por isso se jogou com suplentes) e nexo de causalidade não importam para Ricardo Costa. Também não interessa saber com que brilhante argumentação jurídica se pretende fazer um julgamento disciplinar, sem que o penal esteja concluído, com todos os meios que a jurisdição penal dispõe e que a Comissão Disciplinar não. Julgamento? Eu falei em julgamento? Bem diz a minha Mãezinha que eu sempre fui muito ingénuo...
Perante tudo isto, uma de duas decisões a SAD tem de tomar. Ou pensa na vertente meramente desportiva, contesta o processo, sabendo que vai levar com os 6 pontos e suspensão de Pinto da Costa, mas não recorre, cumprindo já a sanção esta época sem colocar minimamente em causa o título, ou leva isto até às últimas instâncias, arriscando-se a perder pontos na próxima época.
Claramente, sou a favor da segunda. Há que esgrimir todos os argumentos e não se conformar. A dignidade do Clube vale muito mais do que 6 pontos - nem que isso prejudique a próxima época. Até porque, sempre existe uma réstia de esperança que apareça algum magistrado com um pingo de decência e pudor profissional, que dê a estes processos o mesmo destino que se dá a um dejecto. Caso isso aconteça, há que ser implacável. Implacável com a nojenta lisboeta e macrocéfala imprensa, castigando-os onde dói. Nem mais uma entrevista, limitação de acesso às nossas notícias, desprezo puro. Aos Srs. magistrados da Liga que atropelam todas as regras processuais elementares, as competentes participações disciplinares.
Quanto aos processos crime, quem estiver minimamente atento ao que se tem passado em Gondomar, não fica com dúvidas acerca do destino dos mesmos. Constatar-se-á a delapidação do erário público que vai ser todo o Apito Dourado, constatar-se-á que o ódio à senda de vitórias do Futebol Clube do Porto turva a dignidade profissional de quem tem por obrigação julgar neste País. E aí, meus amigos, eu poria o País a ferro e fogo, com pedidos de indemnização milionários.
Até lá, só há uma resposta a dar. Já não importam as decisões de Jesualdo, as contratações da SAD, nem a eliminação da Liga dos Campões. A resposta será a do costume. 52.000 a festejar o título no Sábado no Dragão, muitos mais na rua. E depois, massacre sem dó nem piedade à agremiação lisboeta que veste de vermelho daqui a umas semanas. Pisá-los, humilhá-los, onde lhes dói - no campo.
Neste momento, nunca isto me pareceu tão apropriado:

Oh, meu Porto, onde a eterna mocidade
Diz à gente o que é ser nobre e leal.
Teu pendão leva o escudo da cidade
Que na história deu o nome a Portugal.


Oh, campeão, o teu passado
É um livro de honra de vitórias sem igual
O teu brasão abençoado
Tem no teu Porto mais um arco triunfal
Porto, Porto, Porto, Porto
Porto, Porto, Porto, Porto
Porto, Porto

Quando alguém se atreve a sufocar
O grito audaz da tua ardente voz
Oh, Oh, Porto, então verás vibrar
A multidão num grito só de todos nós.



PS - é um gozo navegar pelos sites que referi em cima. Ler os comentários dos descerebrados impotentes (azar deles, até o Viagra é azul!), a pedir 5 anos de 2ª divisão, acrescida de 50 pontos negativos, entre outros delírios, no dia de ontem, para hoje vociferarem contra o "nojo de justiça", é hilariante.

11 comentários:

O DRAGÃO disse...

clap, clap, clap, clap, clap!!!

Mas caro Azulão. Não fosse pela verdade, eu preferiria a primeira opção.
Com menos seis pontos jogaríamos o jogo do título contra os sarracenos em casa e, mesmo assim, a 4 jornadas do fim. A humilhação seria ainda maior, pois até jogaríamos com os juniores...

JockerLusitano disse...

GRANDE ARTIGO!!!!!

MAIS UM ALIÁS!!!!

PARABÉNS!!!!

Dragão Vianense disse...

Tenho um mau presentimento em relação a tudo isto: vê-se claramente que o objectivo dos sarracenos é decapitar o FC Porto e denegrir a sua imagem.
Temos que nos unir nesta hora de provação pois aproximam-se dias muito difíceis para os portistas.

Força Porto

382 U disse...

Estava para não ir, mas vou lá estar no Sábado. Acabei de pagar os bilhetes (meu e da minha filha) via On-Line. Só para que os mouros vejam o orgulho de ser portista!

Aqui deixo mais uma história sobre este caso:
O cachecol encarnado

http://verde382u.blogspot.com/2008/04/o-cachecol.html

Anónimo disse...

Leiam e chorem de rir:

http://oleaodaestrela.blogspot.com/2006/11/brincadeiras-de-bom-gosto.html

apagavela disse...

Sugestão: Próximo jogo é em canal aberto e podemos festejar mais um campeonato. Depois das capas dos jornais esta semana, devemos mobilizarmo-nos e encher o estádio com cartazes, cheios de perguntas incómodas! Ex: escutas de LFV vão a tribunal?

dragao vila pouca disse...

Os Grandes como nós só queremos ganhar nas 4 linhas, os pequenos, coitados agarram-se a tudo para ganhar.
É o maior elogio que nos podem fazer.
Convido-os a passar no meu blog, tem lá um novo post que é significativo.
Um abraço

Anónimo disse...

Interessante é ver os adeptos portistas a não se importarem de perder 6 pontos e até podiam ser 3, 2 ou 1, o que quer que fosse, assumindo assim que não se importam de que o clube seja condenado por corrupção e ao mesmo tempo ver estampado o nome do clube em tudo o que é manchete pelo mundo fora...

Para mim era suficiente para questionar algumas coisas ao meu presidente...

382 U disse...

Ó anónimo, se eu fosse do teu clube teria, com certeza, muita coisa para questionar ao teu presidente. Ao teu presidente, aos seus assessores e às suas juízas, suas mulheres, que estão a gastar o dinheiro do erário público à procura da defesa dos interesses do teu clube! Tão vendida como a Carolina, só lhe posso chamar, no mínimo, uma juíza alternadeira! Pode-se juntar à outra, de nome Leonor, e passariam a constituir um novo trio de ataque à zona (Tipo Makukula, Nuno Gomes e Cardozo!)...

Anónimo disse...

Resumindo, não se importam portanto...

382 U disse...

O meu presidente parece estar lá para dar e durar... já o teu, acabando-se o apito dourado, deixa de ter argumentos para apresentar aos tansos que ainda se acreditam nele!