sexta-feira, 21 de setembro de 2007

PELO MENOS A MIM NÃO ME CALAM

Continua o regabofe no Ministério Público português. A Inquisição continua a atropelar todas as normas que se relacionem com transparência, bom senso, imparcialidade e naturalmente, justiça. Tem um único objectivo, não importam os meios para o alcançar. A comunicação social, na sua esmagadora maioria, pode censurar e filtrar as notícias que quiser. Até arranjarem meio de fechar este blog e outros, colocarei tudo o que descobrir relativamente à actuação de Maria José Morgado, aka Mizé Tung e seus acólitos.
Assim, todos ficámos a saber recentemente que o Inquérito contra o cadastrado dos pneus, relativo à transferência de Mantorras, foi arquivado. O que nós não sabiámos é que a PJ, que certamente ainda tem elementos honestos, descobriu factos comprometedores e que, para prova dos mesmos, se tornava necessário o levantamento de sigilo bancário. Ora, o DIAP de Lisboa impediu esse fundamental meio de prova, sem o qual foi proferido o tal despacho de arquivamento. Agora adivinhem quem é a responsável pelo DIAP de Lisboa. Dá-se uma pista: é casada com o consultor financeiro do arguido nesse processo. Podem ler toda a notícia aqui.
Percebemos todos agora porque recentemente um Inspector da PJ deixou a equipa de Mizé.
Um dos bicos de obra de Mizé prende-se com o volte-face recente dos acontecimentos. Com o início do apito "avermelhado", o político nomeado por Sócrates que ocupa o cargo de Procurador Geral da República não podia deixar de nomear uma equipa nova para "investigar" esses factos. E o que faz esta equipa? Em vez de investigar os factos aí relatados, começa a investigar os magistrados do Porto que cometeram a desfaçatez de acusar a Imaculada Carolina. Sem a Imaculada não há apito dourado, sem apito dourado não há condenação a Pinto da Costa e ao Porto. Ora, a Imaculada tem que permanecer Imaculada. Por isso, mancha-se o nome dos "morcões" do MP do Porto, que certamente estão todos corrompidos por Pinto da Costa e ousaram atacar a sua virgem vestal de serviço.
Meus amigos, é este o País e a democracia que temos.

11 comentários:

Anónimo disse...

Mas há ainda alguém, por muito desprovido de neurónios que seja, que acredite em Maria José Morgado, no Ministério Público, na PJ ou na Justiça? Só os gatos fedorentos e o Barbas. Ah..ah..ah..ah..

Templo do Dragão disse...

o mito Mitzé Tung(a Simão da magistratura) já caiu!!
Tristes figuras!!
Morgado - Fiscalista - Condenado por Roubo Vieira - Cocaína Salgado - Eu, Leonor - Corrupção Botelho - Sérgio PJ do Vieira Bagulho- Cofina - D. "guiness falso" Quixote
GANDA FILME!
MAS NÂO NOS VAMOS CALAR!!

Templo do Dragão disse...

Sobre a Editora D. Quixote da "argumentista" e mulher do cineasta Sr. Corrupção Botelho a Srª Eu, Leonor
é engraçado ver que o logotipo da Editora -um cavaleiro em silhueta negra-, foi retirado da capa do Livro do Guiness para esconder o logro que a Eu, Leonor "inventou" para comer os papalvos mentecaptos encornados: O CLUBE COM MAIS AZIA E MAIS INVEJOSO DO MUNDO!
Tristes!

Zé Luís disse...

Acabei de ler precisamente a notícia do JN e fiquei estupefacto.
Mas é só mais um prego no caixão da funesta funcionária da justiça estalinista/maoista a que está agrilhoada.
Curioso e coincidente é também hoje o CM dar uma notícia do género: o MP é um empecilho contra a PJ para desvendar onde anda o dinheiro das comissões ou direitos do caso JVP-Veiga-Sporting.
Lá na capital, corruptos são os funcionários públicos da justiça. Só pode.
Junta também esse link aqui, porque a bola de neve começa a crescer de forma assustadora.
Eu também não me calarei nos próximos meses contra esta justiça da tanga que praticam em Lisboa, atirando a poeira da desonestidade para os investigadores e magistrados do Porto.
Não há decência.

Dragaopentacampeao disse...

Para quando uma réplica do terramoto de 1755 que erradique de vez essa cambada corrupta que se diz defensora da justiça?

Vitor disse...

Acabo de enviar a noticia para o PGR.
pgr@pgr.pt

Templo do Dragão disse...

Vamos perder o medo e denunciar essa corja !

O Condenada a 20 meses por roubo tem o fiscalista nas mãos logo sente-se imune , porque dessa maneira tem a Mizé Tung controlada QUE NOJO!!

Anónimo disse...

Nojo é pouco. Isto é gente do mais reles que há à face da Terra.

Anónimo disse...

Vamos mas é ao Brasil contratar 500 Scolaris. Já que essa mouraria defende as suas boas maneiras, paguemos-lhes nós umas feijoadas e umas mandiocas, para eles correrem com os mesmos modos todo esse putedo que há na justiça e na capital da merda.Alguns jornalistas até gostariam, coitados é só paneleiros.

Anónimo disse...

Inundem a PGR com estas notícias, para eles sentirem a voz da nortada.

Anónimo disse...

http://www.corrupcao.net/main.html


cumprimentos do sul!!!!