domingo, 8 de julho de 2007

Helton, Nuno, Ventura.
Bosingwa, Pepe, Bruno Alves, Fucile, Pedro Emanuel, João Paulo, Lino.
Paulo Assunção, Raul Meireles, Quaresma, Lucho, Lisandro, Castro, Bolatti, Leandro Lima, Luis Aguiar, Kaz.
Helder Postiga, Adriano, Renteria, Edgar, Rui Pedro.

25 nomes para 1 época que se quer de muitos titulos. Bem, seriam 26 se eu incluísse o unifinta, mas para mim, esse é um caso perdido e não conta para o totobola...

Perdemos o monstro sagrado das balizas para uma secretária da direcção da SAD, perdemos o míudo-maravilha para os euros da tesouraria.

Espero, como já o disse antes, não ter de assistir ainda à partida de Quaresma, Lucho e Pepe após a venda do Anderson, conforme prometeu a direcção da SAD na altura. Porque ao contrário de Ricardo Costa, Hugo Almeida e do próprio Anderson, cuja participação nos dois últimos titulos foi residual (à semelhança de ambos os treinadores campeões que quase conseguiam desfazer o que parecia evidente e feito desde Dezembro), estes 3 elementos são fundamentais e pedras nucleares para a equipa. Para mim, o FC Porto com estes 3 elementos no plantel é a equipa mais forte em Portugal, sem eles terá um grupo promissor para o futuro...

Por isso, porque o tempo de preparação desta época foi prolongado (ninguém se esqueça que desde o final de Maio que não há competição e só em Agosto recomeça a competir outra vez) não percebo como há ainda tanta indefinição no plantel, em particular sobre os jogadores-chave desta equipa.

Por último, já que se fala de indefinições. Alguém reparaou que na passada sexta-feira foram movimentadas 242.495 acções, quando o volume normal de transações diárias costuma ser inferior a 10.000 acções. Há novo investidor de peso na SAD. Quem será?

10 comentários:

Pedro Reis disse...

Falta o Cech.
Bem sei que não tem contado muito para o totoloto, mas põe lá o nome do homem...

O novo investidor deve ser um chinoca qualquer...
Agora a sério: não deve haver novo investidor nenhum, o que aconteceu foi que por arrasto da grande OPA chinesa aos clube dos 300, o mercado mexeu e é natural que tenha havido muita gente a comprar e a vender. Não penses que as mais de 200 mil acções foram para um gajo só!

dragaovenenoso disse...

Já ouvi falar, há dois meses atrás, de um grupo espanhol interessado no FC Porto. Não sei se é verdade.

dragaovenenoso disse...

Estou a assistir ao jogo dos sub-20 com a Gambia...realmente este treinador é uma nódoa. A equipa está a jogar com mais um (por expulsão mais que justa de um anormal que mancou o Antunes), continua a ser pressionada e acabou de sofrer o segundo golo. Agora estão aflitos a tentar empatar. Que tristeza...para se ganhar não basta ter bons jogadores, é necessário um bom líder, coisa que este Couceiro não é!!!

Como é possível meterem gajos sem qualquer nível nas seleções? Já o que esteve este ano à frente da selecção de hóquei conseguiu a pior classificação de sempre. Treinador do paço de arcos, foi contratado para o benfas, mas antes disso foi seleccionador; decidiu levar praticamente a equipa dele, entretanto comprada pelo benfas, ao campeonato do mundo. Foi o que se viu.

A relativamente aos jogadores sub-20, não estou a ver nada que justifique a entrada deles no plantel do FC Porto.

Anónimo disse...

http://www.voteyourteam.com/default.aspx

Não se desleixem.
Vamos continuar a votar no nosso grande FC PORTO.

1 hora depois podem voltar a votar.

Dragão Maronês disse...

Também acho que na equipa de sub-20 que me dizem estar recheada de jogadores ligados ao nosso F.C.Porto, não tem gente de quem o futuro da nossa equipa possa depender. Há por alí muita mediocridade e depois com um treinador como o Couceiro... não pode ir de facto muito longe.
Dragão Maronês

Julio Baptista disse...

Para o Diegolover:

Defende lá o papá dele:

Diego «incomodado» mas respeita opção de Dunga

Diego não está satisfeito com a sua condição de suplente na selecção do Brasil. O antigo médio do FC Porto foi superado por Júlio Baptista nas escolhas de Dunga e apesar de adiantar não pretender entrar em polémicas, considera-se «incomodado».
AP
«É uma situação a que não estava habituado e estou convicto que nunca vou a fazê-lo. Sem dúvida que a minha colocação no banco de suplentes não me agrada, antes me desvaloriza, mas tenho que respeitar a opção do técnico», declara Diego.

«Vim de uma temporada em que fiz sessenta jogos actuando como titular durante os 90 minutos, daí estranhar o que se passa. Apesar disso, sei que a selecção brasileira dispõe de grandes jogadores. Não quero polémicas, espero recuperar o meu lugar», assume o jogador do Werder Bremen numa altura em que ao Brasil apenas falta efectuar dois jogos.

Julio Baptista disse...

AGORA QUE O PAPÁ ESTÁ PRESO, COMO VAI SER?

Diego «incomodado» mas respeita opção de Dunga
Diego não está satisfeito com a sua condição de suplente na selecção do Brasil. O antigo médio do FC Porto foi superado por Júlio Baptista nas escolhas de Dunga e apesar de adiantar não pretender entrar em polémicas, considera-se «incomodado».

«É uma situação a que não estava habituado e estou convicto que nunca vou a fazê-lo. Sem dúvida que a minha colocação no banco de suplentes não me agrada, antes me desvaloriza, mas tenho que respeitar a opção do técnico», declara Diego.

«Vim de uma temporada em que fiz sessenta jogos actuando como titular durante os 90 minutos, daí estranhar o que se passa. Apesar disso, sei que a selecção brasileira dispõe de grandes jogadores. Não quero polémicas, espero recuperar o meu lugar», assume o jogador do Werder Bremen numa altura em que ao Brasil apenas falta efectuar dois jogos.

Julio Baptista disse...

Para quem gosta muito de DIEGo!


Diego «incomodado» mas respeita opção de Dunga
Diego não está satisfeito com a sua condição de suplente na selecção do Brasil. O antigo médio do FC Porto foi superado por Júlio Baptista nas escolhas de Dunga e apesar de adiantar não pretender entrar em polémicas, considera-se «incomodado».


«É uma situação a que não estava habituado e estou convicto que nunca vou a fazê-lo. Sem dúvida que a minha colocação no banco de suplentes não me agrada, antes me desvaloriza, mas tenho que respeitar a opção do técnico», declara Diego.

«Vim de uma temporada em que fiz sessenta jogos actuando como titular durante os 90 minutos, daí estranhar o que se passa. Apesar disso, sei que a selecção brasileira dispõe de grandes jogadores. Não quero polémicas, espero recuperar o meu lugar», assume o jogador do Werder Bremen numa altura em que ao Brasil apenas falta efectuar dois jogos.

Anónimo disse...

É o que faz contratarem incompetentes a soldo do traficante de pó de pneus para as selecções nacionais.
Mas a Maria José não investiga isso. Pudera, não ia investigar funcionários do seu patrão.

mv disse...

O Diego...já cheira mal...ele é bom jogador foi mal aproveitado no nosso clube...mas esta história já cheira mal...então nunca se cala?...olhem lá o Helton...jogou sempre a titular e agora aguente-se...e nem a boca abriu...nisto vê-se os Homens e não os Futebolistas...e nesse aspecto (como Homem) o Diego deixa a desejar...mas pronto tem que se perceber, gostava de jogar no F.C. porto e tem que jogar no Werder Bremen...