terça-feira, 1 de agosto de 2006

Voltei após um periodo de repouso...

e eis que encontro este blog quase em guerra.
E deixem-me que vos diga: ainda bem que está quase em guerra. A diversidade de opiniões é uma cultura que gosto de ver no nosso clube.
Porque a cultura seguidista, sem qualquer tipo de críticas, só dá para relaxar e não nos empenharmos afincadamente.
As críticas que se fazem, as bocas que se mandam, só têm uma motivação: o de querer o melhor para o nosso Porto.
Volto a repetir aquilo que disse há muito tempo: quando criei este blog foi para despejar aquilo que me ia na alma, longe de pensar que este simples blog iria ter os leitores habituais que tem.
E sou-vos sincero. Quando escrevo não penso nas pessoas que vão ler, mas o prazer que tive ao escrever o que escrevi.
Logicamente que mentiria se dissesse que não gosto de ver comentários aos meus posts, pois é muito bom quando se transforma isto num mini-fórum de portistas. Mas quando escrevo, não quero com tal mudar a opinião de ninguém. Tento apenas transmitir a minha opinião e, por vezes, até esta pode ser mudada em função da opinião de outros, como qualquer ser inteligente num País democrático e livre.
E não pensem que é por ameaças de deixarem de vir ao blog ou qualquer outra do género, que deixarei de escrever o que me vai na alma Portista. Porque, sinceramente, não tenho intenções de ser Salazarista, nem deixo que outros o tentem ser em relação a mim.
Sinto, honestamente, que todos queremos o melhor para o Mágico Porto, mas que os meios para uns são completamente diferentes do de outros. E sobre isso só tenho uma certeza. É que este caldo de cultura é O que faz do Mágico Porto o melhor e maior clube Português. Mais, também sei que, quando discutimos fora do âmbito interno, isto é, contra Lampiões e Lagartos e mais alguns FC Contra o Porto, que todos estamos do mesmo lado da barricada, defendendo com unhas e dentes o nosso clube. Mas com unhas e dentes e também cotovelos, joelhos, pés, etc. E nessa altura, aí sim, é que interessa que estejamos todos unidos do mesmo lado. E não tenho a mais pequena dúvida que estamos, até pelos comentários que se vêm aqui no “Dragão” quando algum “infiel” aqui vem comentar. Aí somos autêntico Dragões.
E não há um sequer que me possa aqui dizer o contrário, pois sei que esse é também uma cultura do Mágico Porto. E é por isso mesmo que não me preocupa a diversidade de opiniões dentro do Mágico Porto.
Por isso tenho orgulho em ser Portista. Por isso nos orgulhamos de pertencer a este maravilhos clube. Porque somos uma família que não admite um insulto a qualquer um dos nossos.

Posto isto, vou falar um pouco do que interessa: do nosso Mágico Porto.
Sou daqueles que está contente com o que se passou neste defeso.
Após dois anos em que passamos a vida a comprar e a vender jogadores (criticado por todos), repousamos, e neste defeso mantivemos a espinha dorsal da equipa e fizemos apenas algumas contratações (não reforços).
Penso que algumas das contratações não foram as mais acertadas e que se poderia ter evitado gastar esse dinheiro, apesar de este ano (e bem) não termos despendido somas avultadas por jogadores (não esquecer que as contas não andam lá muito famosas).
E sendo assim, tenho a dizer que apesar de não ter grande paciência para ver jogos amigáveis, assisti a alguns e tirei algumas notas.
Para ir buscar o Ezequias, penso que mais valia fazer voltar o Leandro, que é nosso e está emprestado. Não me parece que o Ezequias acrescente alguma coisa mais do que o Leandro poderia acrescentar ao plantel e a assim ser, mais valia ficar com o Leandro.
Quanto ao Marroquino Tafkioui (ou lá como ele se chama), não me convence e tenho receio que venha a tirar a oportunidade de explodir ao Vieirinha. Espero que me engane.
Falta-nos o ponta de lança matador, embora goste da raça do Adriano. Acredito, ainda, que o Bruno Moraes pode ser uma boa opção.
Faltou-nos a contratação de um defesa direito, pois o Zé Bosingwa não o é de raiz e depois se o mesmo se lesionar poderemos ter algumas dificuldades para o sector.
De resto, queria deixar aqui um desejo. O desejo que o Ibson seja titular nesta equipa. Porque sou um dos que apreciam certas qualidades no Raul Meiresles, mas também detesta muita coisa nele, apesar de pensar que as pode corrigir e vir a ser um grande jogador. Agora que acredito que um meio-campo com Ibson, Lucho e Paulo Assunção é um meio-campo de outro mundo, lá isso acredito. E assim espero que o treinador também acredite, até porque o Ibson tem tido um comportamento exemplar para quem não tem sido titular, não regateando esforços para merecer um lugar no onze.
Para concluir, que venham mas é os jogos a sério que isto já está a precisar de uma boa dose de adrenalina.

P.S.: Para ponta de lança já estou como os amigos do Portogal. Tragam mas é o Jardel por tuta e meia, dois psicólogos e um detective para andar sempre atrás dele e vão ver como elas doem, em vez de pensarem num gajo que custa milhões.

10 comentários:

Deko disse...

O Ibson é grande jogador, mas não tem hipotese com o R. Meireles... Pelo simples facto que não concorrem pelo mesmo lugar.

O (grande) problema (e ainda bem para nós portistas) do Ibson, chama-se... Lucho.

Agora elogiar o Ibson por não fazer pressão para jogar ?! Era o que mais faltava um jogador (seja ele quem for: Baia, J.Costa, etc..) ir para os jornais 'chorar' que tinha poucas oportunidades. O Ibson não faz mais que a sua obrigação... Como bom profissional que é !!

A prova de que se tem lugar no 11 deve ser feita de 2.ª a 6.ª lá para os lados de Gaia...

Cumprimentos...
...rumo ao BI !!

Ricardo Sousa disse...

Concordo completamente com o Dragão e discordo do tal deko ....

O Ibson joga ( sim ) na mesma posiçao do Raul Meireles e também pode fazer o lugar do Lucho ...

Discordo quando o dragao diz k temos que contratar um defesa direito porque acho que o Ricardo Costa faz muito bem essa posiçao ... Eu sei que ele é melhor a central mas como o Porto joga só com 3 defesas isso talvez seja bom ...

Quanto a equipa i tal u meu onze é este ... para já (inda é muito cedo )....
...................................


Adriano

D.Valente* Anderson Quaresma

Lucho Ibson

P.Assunçao

P.Emanuel Pepe Bosingwa

Helton

.................................


* Ainda tenho algumas duvidas para esta posiçao .. Tarik nem pensar .. Vierinha é muito imaturo ( antes de cruzar tem sempre que fazer alguma magiazita, etc )
Alan talvez ( está em boa foram )
Jorginho acho que não ...

derlei disse...

Ó amigo, tenha lá calma com as críticas ao marroquino. O gajo ainda não teve tempo para mostrar o que quer que seja.
Parece-me que é negativo andar a malhar no gajo ao terceiro ou quarto jogo da pré-época.

O Jardel? Foda-se, não brinquem comigo. Por muito respeito e agradecimento que tenho pela sua passagem no FCP não quero o gajo de volta: sim, ele, o mesmo que já vestiu verde e pretendeu vestir vermelho. Agarrados à cocaína? Nem pensar.

Eu costumo ler este blog - é o melhor blog de portistas - mas às vezes passo-me da cabeça com as vossas críticas em relação ao Jorginho ou ao Adriaanse.

Saudações.

Paulo Alves disse...

concordo com o Derlei

Apre disse...

Tinham é que arranjar mulher ao Jardel tb.
Talvez a Carolina Salgado fosso boa ideia, para acalmar a ansiedade dos dois!

Algum de vós vai comprar aquele equipamento bonito, mas avermelhado?!?

Francisco disse...

Assim vai a justiça em Portugal:

Por acaso até nem simpatizo com o Gil Vicente,normal covil de lampiões minhotos envergonhados( a par do Braga);
Por acaso até simpatizava com o Belenenses, que me parecia dos clubes de Lisboa o menos mau,quanto mais não fosse por ser azul;
Por acaso acho que os resultados se decidem nos campos de jogo e não nas secretarias como é apanágio de alguns clubes;
Por acaso também acho que as leis são para se cumprir, se bem que a magistratura portuguesa tem deixado muito, mas mesmo muito, a desejar,pelos inúmeros exemplos que têm posto a nu a falta de isenção, a má fé e a parcialidade dos juízes e em que a sanha persecutória, principalmente contra o nosso clube, tem sido evidente;
Por acaso tem sido vergonhosa e um verdadeiro escarro público a actuação dos doutos membros do conselho de justiça no caso Mateus, como já fora, aliás, durante os últimos consulados da Liga de Clubes;
Por acaso, na presente situação tornou-se evidente a manipulação decisória dos referidos membros,com demissões e reconduções desconchavadas, prenunciando o desfecho cada vez mais previsível,uma vez que um dos contendores era da capital;
Por acaso, se António Fiúza me pareceu pouco firme e pouco convicto na defesa dos interesses do clube, o presidente contrário, com um porte arrogante,deu-me sempre a ideia de estar conluiado com o poder decisório;
Por acaso fiquei sempre com a impressão de que Adriano Afonso, Cunha Leal e outros cromos da Liga não devem ter as mãos muito limpas sobre o assunto;
Por acaso entendo que, se o Gil Vicente merece ser punido, não deve ser o Belenenses o beneficiado por uma vitória que lhe não pertence em caso algum.

No meu modesto entender quem deve subir à primeira liga deve ser o Leixões. Pelo menos,assim, não era defraudada a verdade desportiva

PS: Que me desculpem o Irra e o Apre de cujos comentários gosto muito.

Dragão da Moita disse...

Aos responsáveis por este blog, que muito gosto e com o qual me identifico, peço, encarecidamente,
para que não publiquem ou apaguem,
todos os comentários enviados por
anónimos (uns PORTISTAS, outros quem sabe, lampiões ou lagartos disfarçados), que usem um nome fictício, por exemplo; pois, por vezes, quero responder a alguns e tenho certa dificuldade, tal a quantidade.
Saudações Portistas.
VIVA O NOSSO GRANDE F.C.PORTO.

lucho disse...

temos uma equipa fantástica a precisar apenas de um jardel dos bons velhos tempos

Zirtaev disse...

Por acaso não acho que o Ibson faça o mesmo lugar que o Meireles, pela simples razão que o Meireles defende bem melhor. Não é tão bom como o Ibson com a bola nos pés e em termos atacantes mas é razoavel e numa equipa tão ofensiva é necessário defender melhor que o Ibson. É um excelente jogador mas está realmente tapado com o Lucho que é um TopClass.

Mas sobre este assunto podem ver uma análise que fiz no meu blog: http://portistasdebancada.blogspot.com/

um abraço.

Nuno disse...

Sobre os anónimos: realmente, já me passou pela cabeça pedir isso ao Dragão que administra o blog também. Mas isso, caro Dragão da Moita, era descer ao nível deles! Já diziam os meus avós: os cães ladram, a caravana passa!

Sobre a questão triangular Meireles-Ibson-Lucho. Parece-me evidente que o Lucho é indiscutivel. E na minha opinião, diferente da do Dragão, o Meireles joga numa posição e de uma forma diferente da que o Ibson faz. Vejo o Meireles a destruir mais jogo e a fazer um jogo mais "geométrico" que o Ibson, mais técnico e rendilhado. Se quiserem de outra forma, olho para o Ibson como substituto do Maniche e para o Meireles como substituto do Pedro Mendes, se nos reportarmos ao tempo do Mourinho. Ora o Lucho é claramente mais próximo do Maniche em campo do que do Pedro Mendes. Tenho para mim que até poderão jogar juntos, mas só em certos jogos onde o Meireles possa recuar mais e saindo o Paulo Assunção, claramente o elo mais fraco na construção de jogo.

Mas isto é a beleza do futebol e dos portistas - tantas opiniões sobre este assunto, debatendo de forma civilizada e construtiva a questão!